29 março 2018

À toa, Daniel mostra partes baixas e vai preso por 'ato obsceno'


A polícia Militar do Maranhão, em Imperatriz, prendeu na noite de ontem (28), Daniel Matos de Sousa de 33 anos após ter sido acusado de mostrar as partes intimas para mulheres que passavam na rua. A denuncia foi feita por um motoqueiro que parou a viatura composta pelos policiais Eduardo e Cabo Torres, que após buscas conseguiram localizar o à toa.

A demonstração das partes baixas teria ocorrido em pleno centro da cidade, na Av. Ceará.

O acusado foi levado para ao plantão central da Polícia Cívil pela acusação de "prática de ato obsceno", segundo a assessoria do 13° BPM.

Morre Dona Luíza Neco, mãe do prefeito de Estreito.


Faleceu na manhã de hoje (29) a Sra. Luiza Neco de Morais (88 anos), mãe do prefeito da cidade de Estreito, Cicero Neco. Dona Luíza era moradora da cidade de Campestre-MA e estava internada em Imperatriz.

Daqui a pouco mais informações sobre o falecimento da mãe do prefeito de Estreito.

Uso exacerbado de smartphones tem gerado problemas à saúde

Especialistas ressaltam que esse hábito desgasta a musculatura das costas.

Quem nunca se deparou de “cabeça baixa” e desligado do mundo lá fora ao mexer no celular? De acordo com a Sociedade Brasileira de Coluna (SBC), no mundo, cerca de quatro bilhões de pessoas possuem celular. Com a evolução da tecnologia, o uso de smartphones é indispensável à vida de muita gente. 

Eles são quase uma extensão do corpo humano e têm tornado as pessoas cada vez mais dependentes. Na rua, no trabalho, em casa e até dirigindo, esses aparelhos têm obrigado muita gente a adotar uma nova postura nada adequada. Esse comportamento constante acaba gerando grandes riscos à saúde.   

A prazos curtos e longos, essa postura modifica a curvatura natural do pescoço, o que provoca dores na nuca, na cabeça, ombros e braços, causando a fadiga. O especialista em coluna, Doutor André Pagotto, explica que esse hábito desgasta a musculatura das costas. “É muito comum aparecer no consultório crianças e adolescentes com dores no pescoço e costas. Após uma avaliação, é constatado que a causa da dor é o uso exacerbado do smartphone de forma incorreta, postura incorreta e flexão do pescoço por longos períodos durante o dia”, revela.

A forma correta de usar o celular, indicada pelo médico, é com o smartphone na altura dos olhos sem flexionar o pescoço, mantendo a coluna ereta e alinhada. É aconselhável também que se diminua o uso exagerado desses aparelhos, pelo bem da própria saúde física.

Da assessoria

Vestindo saia, advogado paraense é flagrado drogado, embriagado e com garoto de programa



Um advogado foi detido no último sábado (24), na cidade de Parauapebas, após ser flagrado conduzindo em alta velocidade e na contramão, na rua 11 do bairro Cidade Nova. O motivo da detenção já seria suficientemente grave, mas Cristiano Ribeiro Rolim, de 38 anos, deixou sua situação ainda pior. 

Durante a abordagem da PM, os agentes suspeitaram do comportamento alterado do advogado e pediram para revistar o carro. Segundo os agentes, Cristiano, que vestia saia, aparentava estar sob o efeito de drogas.

No interior do veículo, também estava um adolescente, que se identificou como garoto de programa, sendo liberado logo em seguida. Os policiais também comprovaram a suspeita e encontraram uma quantidade de drogas não informada.

Segundo a PM, o advogado resistiu a detenção e chegou a desacatar os oficiais presentes, mas acabou admitindo posteriormente que estava sob o efeito de entorpecentes que havia comprado em uma boca de fumo do local.

Durante seu depoimento e visivelmente mais calmo, Cristiano disse que a “única coisa que queria era usar drogas” e pediu desculpas aos militares desacatados. Após pagar fiança de três salários minímos, o advogado foi liberado.

Sobre o garoto de programa encontrado com ele no carro, Cristiano não quis fazer comentários e informou que este detalhe diz respeito apenas a sua vida privada.

www.folhadoprogresso.com.br

Amigos particulares de Michel Temer são alvos da Polícia Federal

Todas as prisões estão ligadas diretamente ao presidente Michel Temer, do MDB.

A polícia Federal prendeu na manhã de hoje 29, na capital paulista, José Yunes, amigo e ex-assessor do presidente Michel Temer. 

A prisão pode por fim no projeto eleitoral do MDB de candidatura de Temer, visto que a ação da PF se refere a MP (Medida Provisória) editada pelo presidente para beneficiar empresas de aliados que operam nos portos, prática criminosa que persegue o partido e sua imagem ainda impregnada a corrupção e falcatruas que marcavam o antigo nome, PMDB. 

A decisão foi autorizada pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Yunes é apontado pelo operador financeiro Lúcio Funaro, delator da Operação Lava Jato, como um dos responsáveis por administrar propinas supostamente pagas ao presidente. De acordo com Funaro, para lavar o dinheiro e disfarçar a origem, Yunes investia valores ilícitos em sua incorporadora imobiliária, explicou a jornalista Andreia Sadi, da GloboNews.

Além do advogado José Yunes, foram presos João Batista Lima, ex-coronel da Polícia Militar de São Paulo; Wagner Rossi, ex-deputado e ex-ministro; e Antonio Celso Greco, dono da empresa Rodrimar.

MPF denuncia Tiago Bardal e mais doze


O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão ofereceu denúncia à Justiça Federal contra 13 pessoas, entre policiais militares, delegado da Polícia Civil, político e empresários, acusadas de integrarem organização criminosa especializada no contrabando de cigarros e descaminho de bebidas para São Luís (MA). Foi pedida a manutenção das prisões preventivas e medidas cautelares, além da condenação dos denunciados pela prática dos crimes de organização criminosa, contrabando, descaminho, corrupção, falsidade documental, posse irregular de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.


Entre os denunciados estão o ex-vice-prefeito de São Mateus (MA) Rogério Sousa Garcia; o delegado da Polícia Civil Tiago Mattos Bardal; o coronel da Polícia Militar (PM) Reinaldo Elias Francalanci; o major da PM Luciano Fábio Farias Rangel; o sub-tenente da PM Joaquim Pereira de Carvalho Filho; o soldado da PM Fernando Paiva Moraes Júnior; o advogado Ricardo Jefferson Muniz Belo; José Carlos Gonçalves; Galdino do Livramento Santos e Evandro da Costa Araújo, que tiveram a manutenção de suas prisões preventivas requerida.

Também foram denunciados Rodrigo Santana Mendes, Edimilson Silva Macedo e o tenente da PM aposentado Aroudo João Padilha Martins, para os quais foi pedida a aplicação de medidas cautelares, que incluem o comparecimento mensal em juízo para justificar sua atividade, proibição de ausentar-se da comarca em que reside e de manter contato com os demais denunciados.

A denúncia foi formulada pelos procuradores da República Carolina da Hora Mesquita Höhn, Juraci Guimarães Júnior e Marcilio Nunes Medeiros, designados pela Procuradora-Geral da República Raquel Dodge para atuar conjuntamente na investigação, e baseou-se em laudos elaborados pela Polícia Civil e Polícia Federal, além de depoimentos de testemunhas, policiais civis e militares e apreensão de mercadorias ilícitas e armas sem registros.

MPF

28 março 2018

Padre da Comissão Pastoral da Terra é preso por extorsão e assédio sexual


Padre José Amaro era considerado braço direito da missionária norte americana Dorothy Stang, assassinada em 2005. Ele é investigado por extorsão, ameaça, esbulho possessório e assédio sexual.

Polícia Civil investiga o envolvimento do padre José Amaro nos crimes de extorsão, ameaça, assédio sexual e esbulho possessório, quando uma terra é tirada do dono de forma violenta. Ele foi preso na rodoviária de Anapu, no sudoeste do Pará, na manhã desta terça-feira (27). O padre é ouvido durante esta manhã na sede da Superintendência Regional da região do Xingu, em Altamira.

O religioso é uma das mais influentes lideranças da Comissão Pastoral da Terra na região de Anapu, marcada por conflitos agrários. José Amaro era considerado braço direito da missionária norte americana Dorothy Stang, assassinada em 2005, e deu prosseguimento ao trabalho depois da execução dela.

O bispo emérito Dom Erwin Krautler, da Prelazia do Xingu, esteve no local e informou apenas que o caso é acompanhado pelo advogados da institução. A Comissão Pastoral da Terra informou que, por enquanto, não vai se pronunciasr sobre o assunto.

Durante a operação, foram cumpridos ainda mandados de busca e apreensão na casa e na paróquia do padre, que fica em Anapu.

fonte.G1

Sem ter o que comemorar, prefeito de Porto Franco muda data de aniversário da cidade



população reclama do caos em meio as atividades festivas e comemorações antecipadas onde não há motivos para comemorar
Pelo menos há 97 anos a cidade de Porto Franco vem comemorando o aniversário da cidade no dia 01 de Janeiro de cada ano, com a proximidade do centenário, a prefeitura encaminhou à câmara uma alteração da data de aniversário, que agora será comemorada no dia 2 de Abril, coincidentemente, um dia após o dia da mentira.

O vereador Cafifi (PHS), autor da mudança proposta pelo executivo, comemorou nas redes sociais o aniversário no dia 2 de janeiro deste ano, mas tocado pelo executivo, resolveu aderir a novidade.

Segundo a programação de aniversário, até o governador deve estar presente ao lado do prefeito Nelson Horácio que vive crises de popularidade no município.

Mesmo sem entender e com aspecto de “terra arrasada”, a população deve receber a novidade, visto que pouco menos de 2 meses do carnaval, a população terá que seguir nas vias ruas esburacadas e gastos injustificáveis com asfaltos que nunca foram aplicados, até chegar ao local do evento.

Enquanto isso a cidade vai poder comemorar o centenário em meio um processo eleitoral e muito pão e circo. Parabéns Porto Franco.

Coronel Jorge Luongo assume comando da Polícia Militar do Maranhão

O governador Flávio Dino empossou nesta terça-feira (27) o Coronel Jorge Luongo como novo Comandante Geral da Polícia Militar do Maranhão. O militar, que era subcomandante desde 2016, assume a corporação na vaga que era ocupada pelo Coronel Frederico Pereira.

Na solenidade de transmissão do cargo, realizada no Comando Geral da PMMA, o governador destacou os serviços prestados pelo Coronel e reforçou o compromisso de continuidade das ações que têm diminuído os índices de criminalidade no estado. 

"Momento de agradecer muito ao Cel. Pereira, foi um período de muitos êxitos, muitas vitórias, de grande investimento, de diminuição da criminalidade de aumento da credibilidade nas forças de segurança e isso foi fruto de um trabalho coletivo, mas é importante destacar o papel do Cel. que foi um importante comandante", comentou. 

"Tenho certeza que o Coronel Luongo, que foi subcomandante até o dia de hoje, vai suceder, continuar e aprimorar esse trabalho que é de grande interesse para os 7 milhões de maranhenses", completou o governador. 

Avanços 

Os títulos de segundo maior investimento em segurança do país , de maior redução nos índices de homicídios, de assalto a bancos e maior apreensão de drogas do país foram alguns dos pontos destacados na solenidade. 

"Tivemos muitos avanços mas, com certeza, o fim do represamento das promoções foi a maior quebra de paradigma para esta corporação, foram mais de 8 mil ", comentou o secretário de Segurança, Jefferson Portela. 

O Cel. Pereira, que sai do cargo a pedido dele para realização de projetos pessoais, também destacou os investimento do Governo do Maranhão e agradeceu a oportunidade. 

"Saio feliz por ter contribuído com esse projeto que mudou a Segurança Pública do Maranhão", afirmou. 

Novo Comando 

O Cel. Jorge Luongo, que assumiu o subcomando ao mesmo tempo em que o Cel Pereira assumia a chefia da corporação, agradeceu a confiança e falou dos trabalhos que serão aprimorados. 

"O trabalho continua, iremos reunir com o alto comando, traçar novas estratégias porque em matéria humana vamos ter logo em seguida a conclusão do concurso, temos que agregar isso tanto no capital, quanto no interior", comentou. 

O Cel Luongo está há 25 anos na corporação, já passou pelo policiamento de trânsito, Turismo, participou da instalação do Ciops, Unidades de Segurança Comunitária até chegar ao posto de subcomandante.

27 março 2018

Para safar-se com mandato, Lobão trama contra grupo de Roseana





A tese do Senador Lobão -MA, para garantir sua reeleição e colocar Roseana aos leões, surpreendeu a cúpula sarneysta. 

A interpretação da trama revelou que o senador Lobão ver com dificuldade a eleição de Roseana ao governo, mas acredita na possibilidade de garantir sua vaga ao Senado no próximo ano, se diminuir o número de candidatos. Entretanto, a conta correta vista em todos os campos políticos é que diminuir  a quantidade de candidatos ao governo e consequentemente ao senado, também aumentaria as chances de reeleição do governador Flávio Dino, que pode até levar no primeiro turno.

Lobão foi ao Senador Roberto Rocha pedir para desistir com a garantia que seria mais fácil derrotar Dino. Rocha não trabalha tal hipótese, mas fica claro a trama de Lobão para safar-se com um mandato em detrimento da derrota do grupo Sarney.

Lobão agora age como um lobo, mas sem matilha, sem companheirismo de grupo, e age sobre às sombras até mesmo contra quem ele diz ter sido sempre aliado e ocupou cargos nos ministérios de todos os governos com a mesma teórica fidelidade.

A ânsia pelo poder agora maltrata figuras arcaicas da política maranhense, que ver como assombração dormir e acordar sem um mandato, o que pode ocorrer com Lobão.

FAB apreende no Pará aeronave com 330kg de cocaína

A Força Aérea Brasileira (FAB) divulgou foto da aeronave apreendida após ser detectada nesta segunda-feira (26/03), com cerca de 330 kg de cocaína que entrou em espaço aéreo brasileiro e foi acompanhado até uma pista clandestina, na região entre Jacareacanga e Novo Progresso.

O avião apreendido é monomotor com prefixo PP-HAR (Foto) ele foi classificado como tráfego aéreo desconhecido por não ter apresentado plano de vôo. A aeronave provavelmente veio da Bolívia, divulgou a FAB.

A aeronave foi monitorada e sua última posição conhecida pelos órgãos de defesa aérea foi próxima ao Rio Crepori, afluente do Tapajós.

A pista onde pousou aeronave esta localizada no município de Jacareacanga que faz divisa co o município de Novo Progresso região da FLONA CREPURI.

aeronave apreendida
Muitos garimpos na região usam como base para compras e venda de ouro a cidade de Novo Progresso devido a localização Geográfica e a distancia mais próxima aos garimpos

Para chegar até o local [pista clandestina] a equipe da Polícia Federal foi transportada em uma aeronave da Secretaria de Segurança Pública do Mato Grosso para efetuar a abordagem em solo.

A quantidade de 330 kg da droga apreendida foi transportada até pista de pouso em Novo Progresso. [não foi divulgado sob a prisão ou não dos tripulantes].

Redação Jornal Folha do Progresso

PERDEU PLAYBOY: Ladrão é morto após arrastão a estudantes do IFMA


Uma dupla de ladrões realizaram um arrastão em um ônibus que seguia sentido centro da cidade com estudantes do IFMA, no bairro Ouro Verde. Após o assalto foram rendidos por um anjo com uma espada de fogo (380 automática) que disparou contra um dos bandidos que ficou estirado, mortinho. 
    
A vítima da sociedade ainda deu entrada no socorrão, mas já era tarde. O abate se deu na Rua Luís Domingues bem no coração da cidade de Imperatriz, e outro amigo da onça fugiu sem prestar o mínimo de solidariedade para o comparsa, que até então ainda agonizava no chão.

Na mochila do ladrão, identificado por Danilo, havia se apropriado de uma bolsa azul feminina e vários celulares, fruto das investidas contra os alunos e  outros trabalhos no início da noite.

A moto utilizada no assalto também foi 'adquirida' em um assalto no Bairro Jardim São Luis. A moto foi localizada após o assalto próximo as bocas de fumo da Caema.

Com informações do jornalista mais bem informado sob os larápios da cidade, Antônio Pinheiro.  


26 março 2018

Novo concurso público para o Procon do Maranhão terá 51 vagas e salários de até R$ 7 mil


O governador Flávio Dino participou na manhã desta segunda-feira (26), em São Luís, da solenidade que marcou o recorde do VIVA/Procon, que nos últimos três anos saiu de 5 para 50 unidades, levando cidadania para todas as regiões do Estado. 

Também foi anunciado um novo concurso para o Procon Maranhão. “Ainda neste mês teremos o anúncio do segundo concurso da história do Procon Maranhão. Desta vez, serão 51 vagas para nível fundamental e superior, com salários que vão de R$ 3.900 e podem chegar até R$ 7 mil”, explicou o presidente do órgão, Duarte Júnior.

Na solenidade, os dez servidores selecionados no primeiro concurso da história do Procon foram apresentados. O certame foi feito em 2017. 

“É um momento muito importante que marca a prioridade que temos dado a esses importantes serviços de cidadania para todos, levando para várias regiões do estado e democratizando o acesso a direitos civis. A marca principal a ser celebrada é essa grande expansão de 5 para 50 unidades, além do fantástico ganho de qualidade e velocidade no atendimento", afirmou o governador Flávio Dino.

“São muitas conquistas a celebrar e vamos continuar avançando, a prova é esse fato inédito que é o concurso público, inclusive, já procedi a nomeação dos primeiros concursados e com isso vamos continuar a avançar”, completou o governador.

Melhor momento

Entre os novos fiscais do Procon aprovados em concurso, está Ana Flavia Abreu. “Em nenhum momento eu vi a atuação de um órgão tão ativa e participativa quanto a do Procon. Por isso sempre quis fazer parte dessa equipe, ajudando as pessoas no meu Estado. A expectativa é a maior de todas".

A solenidade também teve um momento especial de reconhecimento aos servidores que ajudam o órgão a ser exemplo de agilidade do serviço público. Entre os homenageados, estava Nilo de Jesus Januário, servidor mais antigo do órgão. Ele recebeu a homenagem juntamente com o governador Flávio Dino, o secretário dos Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, e o presidente do VIVA/Procon, Duarte Júnior.

“São 50 anos de serviço público e 30 deles só no Procon. Já participei de muitos momentos importantes, mas com certeza esse é o melhor momento do órgão. O governador Flávio Dino e a direção do Procon estão de parabéns”, disse.

Mais com menos

O acesso a serviços simples, como emissão de documentos básicos, já foi um grande desafio para o cidadão maranhense, incluindo custos altos para se deslocar de uma cidade para outra, além das despesas com alimentação e o próprio valor do serviço procurado. Hoje, com as 50 novas unidades, a realidade é outra.

“Os serviços do VIVA/Procon estão chegando aonde jamais haviam chegado antes, gerando economia e garantindo direitos. Nós conseguimos multiplicar por dez a garantia do acesso aos maranhenses à inclusão social, economizando nos custos. São unidades fixas e móveis levando conforto, qualidade e segurança para os maranhenses”, afirmou o presidente do VIVA/Procon, Duarte Júnior.

Falando em economia, a conta é certa: em três anos, o órgão conseguiu economizar 45,11% dos recursos gastos em aluguel e manutenção.

POLÊMICA! Senado começa a debater o Estatuto da Diversidade Sexual e de Gênero

A partir desta segunda-feira (26), deve começar a tramitar no Senado a proposta que cria o Estatuto da Diversidade Sexual e de Gênero. O texto, proposto pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), recebeu parecer favorável da senadora Marta Suplicy (MDB-SP). na Comissão de Direitos Humanos da Casa, na última quarta-feira (21). Com isso, assim que for lido no plenário do Senado, ganhará um número e passará tramitar como projeto de lei.

A minuta do texto, elaborada em 2011, foi entregue ao Senado no ano passado, com o apoio da Aliança Nacional LGBTI [lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais] e de 100 mil assinaturas. Os fundamentos são os princípios da dignidade da pessoa humana, da igualdade, da liberdade e da não-discriminação, presentes na Constituição federal e na base do sistema político e jurídico brasileiro.

“É imperiosa a imediata aprovação de um Estatuto da Diversidade Sexual, que consagra uma série de prerrogativas e direitos a quem ainda não é reconhecido como sujeito de direito: homossexuais, lésbicas, bissexuais, transgêneros e intersexuais. Também indispensável inserir os vínculos homoafetivos no âmbito do Direito das Famílias, com todas as consequências em outros direitos. 

Câmara de Porto Franco trata como lixo a documentação da casa de Leis.




Recentemente a população ao entrar na Câmara Municipal de Porto Fraco tem se deparado com uma tragédia administrativa. É que os livros de registros, pastas, leis, projeto de leis, registros de sessões, prestações de contas de gestores anteriores tanto da câmara quanto do ex-chefes do executivo municipal estão sendo tratado como lixo pelo Presidente da Câmara Municipal, Sr. Gedeon Gonçalves, mais conhecido como “amigão”. (veja no vídeo abaixo)

 Os vídeos publicados em redes sociais e que o blog teve acesso não deixam dúvidas do desleixo e indiferença dada ao acervo da câmara. Não é difícil acreditar que muitos documentos, livros e registros já se perderam no “munturo” que fizeram com o acervo da câmara de vereadores. Além do mais, nesse amontoado de documentos, existem documentos antigos e novos, que não podem ser descartados, como prestações de contas que ainda estão lacrados nos malotes enviados pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) e se quer foram analisadas pelo legislativo.

O presidente da câmara solicitou ao Ministério Público autorização para queimar toda a papelada sem antes disso realizar uma digitalização dos mesmos. É bem provável que prejuízos ao município já se consolidou.  A sociedade portofranquina só sentirá as consequências disso quando necessitar de algum registro que se perdeu. Da forma como se encontra essa documentação não seria absurdo dizer que os prejuízos são irreparáveis.



Em nota, MP nega reabertura do caso "Décio Sá" e defende promotor

A nota da promotoria sai em defesa do promotor da Gaeco, citado em postagens de forma negativa com relação ao caso do jornalista.

O Ministério Público do Maranhão publicou nota no sita oficial da instituição, referente as recentes investidas de meios de comunicação no Estado que insinuam suspeitas contra o promotor público Marco Aurélio cordeiro, membro do GAECO. O MP ainda nega reabertura do caso do assassinato do jornalista Décio Sá, ocorrida em 2012. 


Veja a nota do MP:


Diante de notícias publicadas em veículos de comunicação acerca de acusações infundadas contra o promotor de justiça Marco Aurélio Cordeiro Rodrigues, integrante do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão, no que se refere à reabertura do inquérito policial que investiga o assassinato do jornalista Décio Sá, em abril de 2012, temos a esclarecer o seguinte:

1. É inverídico e leviano o depoimento veiculado na mídia que imputa ao Promotor de Justiça Marco Aurelio Cordeiro Rodrigues a prática de condutas criminosas no curso de investigação referente ao assassinato do jornalista Décio Sá.

2. Na verdade, o documento veiculado traz pretensão de macular a honra e a imagem do referido membro do Ministério Público, cuja atuação profissional é marcada com notas indeléveis de retidão e respeito aos princípios constitucionais e republicanos.

3. Esclarece-se que não houve reabertura da investigação sobre a morte do citado jornalista a pedido do procurador-geral de Justiça. Este tão somente encaminhou Representação que lhe foi dirigida, pelo Deputado Estadual Raimundo Cutrim, a 23ª Promotoria de Justiça Criminal, responsável pela condução do caso Décio Sá. O titular desta unidade requereu a instauração de inquérito policial ao delegado geral, visando apurar a autenticidade dos documentos apresentados pelo parlamentar.

4. Em relação ao depoimento prestado pelo senhor Eduardo Lira Correia, que é funcionário de José Raimundo Sales Chaves Júnior, vulgo Júnior Bolinha, cabe esclarecer que:

- o depoimento ocorreu no dia 17 de dezembro de 2013, na Promotoria de Justiça de Pindaré-Mirim, na presença dos promotores de justiça Pedro Lino Silva Curvelo e Marco Aurélio Cordeiro Rodrigues, além da advogada do depoente;

- o supracitado depoimento encontra-se devidamente juntado às fls. 225-227 dos autos do Procedimento Investigatório Criminal nº 002/2013 - Gaeco (processo nº 5596-2/2014.8.10.0001 - 5a Vara Criminal da Capital), instaurado para apurar suposta conduta criminal descrita em matéria jornalística, publicada pelo Jornal Pequeno, em 7 de julho de 2013, que dava conta de possível ameaça à integridade física de um promotor de justiça;

- José Raimundo Sales Chaves Júnior, vulgo Júnior Bolinha, também prestou depoimento nos mesmos autos, o qual encontra-se às fls. 243-244.

- ao final deste Procedimento Investigatório Criminal, o Ministério Público do Maranhão, por meio da 10ª Promotoria de Justiça Criminal de São Luís, requereu o arquivamento do feito. A manifestação ministerial foi acolhida pela 5ª Vara Criminal da Capital, em decisão proferida no dia 24 de maio de 2016, que determinou o arquivamento dos autos.

5. Por fim, o Ministério Público do Maranhão reafirma integral e irrestrita confiança ao promotor de justiça Marco Aurélio Cordeiro Rodrigues, que sempre agiu com absoluta correção, equilíbrio, em harmonia com o ordenamento jurídico e em prol do interesse da sociedade - razões pelas quais integra a equipe do Gaeco desde 2002, quando o Grupo foi criado para combater as organizações criminosas que atuam no estado do Maranhão.

São Luís, 23 de março de 2018.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO

Ex-membro do Facebook diz que a coleta de dados secreta era rotineira


The Guardian
Hundreds de milhões de Facebook usuários são susceptíveis de ter tido suas informações privadas colhidas por empresas que exploravam os mesmos termos que a empresa que os dados coletados e passou para Cambridge Analytica, de acordo com uma nova denúncia.


Sandy Parakilas, gerente de operações de plataforma do Facebook responsável pelo policiamento de violações de dados por desenvolvedores de software de terceiros entre 2011 e 2012, disse ao Guardian que alertou altos executivos da empresa que sua abordagem frouxa à proteção de dados corria um grande risco.

Cadê o Zuck? CEO do Facebook silencioso como escândalo de colheita de dados se desenrola

“Minha preocupação era que todos os dados que deixavam os servidores do Facebook para os desenvolvedores não pudessem ser monitorados pelo Facebook, então não tínhamos ideia do que os desenvolvedores estavam fazendo com os dados”, disse ele.

Parakilas disse que o Facebook tinha termos de serviço e configurações que "as pessoas não liam ou entendiam" e que a empresa não usava seus mecanismos de fiscalização, incluindo auditorias de desenvolvedores externos, para garantir que os dados não fossem mal utilizados.

Parakilas, cujo trabalho era investigar violações de dados por desenvolvedores semelhantes aos suspeitos da Global Science Research, que coletou dezenas de milhões de perfis no Facebook e forneceu os dados para a Cambridge Analytica, disse que a grande quantidade de divulgações recentes o deixou decepcionado com sua análise. superiores por não atenderem às suas advertências.

"Tem sido doloroso assistir", disse ele, "porque eu sei que eles poderiam ter evitado isso."

Senador Roberto Rocha: um parlamentar em defesa das águas do Maranhão

Para celebrar o Dia Mundial da Água, o senador Roberto Rocha (PSDB) divulgou um vídeo falando sobre a importância da preservação dos recursos hídricos, e enumerou algumas de suas ações em defesa de todos os rios maranhenses. Ele citou, ainda, a parceria com governo federal que, por meio da Codevasf, já está finalizando o projeto de revitalização do Rio Itapecuru, que abastece a cidade de São Luís. 

Desde o início do seu mandato, Roberto Rocha tem levantado a bandeira da revitalização dos rios do Maranhão, e inseriu a agenda da preservação das águas na pauta de todos os maranhenses. Logo nos primeiros meses, o seu gabinete desenvolveu um projeto interativo pelas redes sociais de forma a criar um relatório visual sobre as condições das bacias hidrográficas do Maranhão. Em resposta, dezenas de internautas mandaram fotos contando o drama dos rios de suas cidades. O relatório, com mais de 100 páginas, foi entregue ao secretário geral do Ministério da Integração Social e deu origem ao programa “SOS Águas do Maranhão”, para atuar no enfrentamento do problema.

O “SOS Águas do Maranhão” atua em diversas frentes e uma delas foi a série de seminários sobre a Revitalização dos Rios Maranhenses e Suas Nascentes, concebidos para ampliar a consciência cidadã e aproximar o problema da sociedade organizada. Foram realizados seis seminários ao todo: em São Luís, Pedreiras, Caxias, Grajaú, Balsas e Imperatriz. Outros ainda estão previstos para cobrir todas as regiões do estado. Além dos seminários, Roberto Rocha destinou mais de 15 milhões de reais para a compra de equipamentos destinados à proteção e revitalização dos rios e nascentes do Maranhão.

Ainda na pauta das águas maranhenses, em Balsas, outra emenda do senador irá criar um Centro de Pesquisas e Reprodução Pesqueira, com o objetivo de repovoar os rios e as espécies. 

Para a Baixada Maranhense, Roberto Rocha destinou recursos ao projeto Diques da Baixada, que irá modificar a dinâmica de todo o ecossistema da região.

Em 2017, o Maranhão teve também uma grande conquista, por meio do mandato de Roberto Rocha, com a sanção do projeto de lei que amplia para todo o território maranhense a área de atuação da Codevasf, e por meio do qual o governo federal poderá realizar projetos e obras estruturantes, visando um desenvolvimento urbano e rural para o povo maranhense.

“Diversos projetos, desde adutoras e barragens, até pequenas intervenções urbanas se tornarão possíveis com a aprovação da ampliação da Codevasf: uma delas, é a tão esperada despoluição da Lagoa da Jansen, em São Luís, cujo estudos já estão bem avançados. O futuro do Maranhão e dos maranhenses depende da preservação de seus rios e nascentes, afirmou o senador.

Governo lança campanha de valorização de produtos maranhenses

Foi lançado a campanha "Produzido no Maranhão", com a proposta de valorizar os produtos e serviços de empresas maranhenses. A iniciativa é da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), e consiste no fomento e incentivo para que a população conheça e consuma mais produtos produzidos no Estado.

A campanha foi lançada durante a realização do "Seminário Mais Desenvolvimento: Mercado Interno”, realizado na semana passada em São Luís e que reuniu mais de 80 empresas em stands e contou com palestras, painéis e rodadas de negócios.

Com o tema "A força do mercado maranhense, a valorização das empresas e dos produtos do Maranhão", o evento teve como proposta mostrar ao público o potencial do mercado maranhense e a importância do consumo de produtos locais, visando a geração de emprego, renda e, assim, contribuir para o desenvolvimento do Estado.

Nos próximos dias, em diversas lojas, supermercados e empresas que produzem no Maranhão estarão com sinalizações indicando que os produtos são produzidos aqui. "Muitos não conhecem a nem sabem o que é produzido no Estado. Precisamos reverter as importações interestaduais. O Maranhão conta com muitas riquezas naturais, gente trabalhadora e empreendedora", afirmou o secretário da Seinc, Simplício Araújo.

Reconhecimento à classe empresarial

24 março 2018

João Lisboa realiza 1° Fórum de Águas

A Prefeitura da cidade de João Lisboa, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou na última quarta-feira (22), o 1° Fórum de Água de João Lisboa com o tema “Meio ambiente e água”.

A programação foi realizada na U.I Paulo Madeira com a participação de alunos das unidades de ensino do município. “Nosso objetivo é trabalhar a conscientização sobre o consumo consciente principalmente nas crianças, na idade de formação e assim criar uma consciência sobre a problemática”, explica o secretário de Meio Ambiente, professor Gilmar Dias. As abordagens sobre o tema foram realizadas pelos professores, Jorge Diniz, Doutor em química pela Universidade Federal do Maranhão; Nayraline Moreira, Bióloga, e professora Iane Paula.

O prefeito municipal, Jairo Madeira participou da programação junto ao secretário de Educação, Davisson Sormanne, Secretário de Saúde, Vilson Soares; as vereadoras Suelene e Eva Magna, professores da unidade e equipe do Meio Ambiente.

As palestras abordaram a escassez de água em alguns Estados e abundancia em outros, o que exige uso consciente da população. “Embora o país possua as maiores reservas de água por unidade territorial do planeta, é preciso destacar que a maior parte da população brasileira não reside nos pontos onde a água encontra-se disponível”, explica o professor Jorge Diniz.

Os estudantes ficaram satisfeitos com a transferência de experiencias e a palestra com professores conceituados no Estado, além disso, o alerta sobre o futuro da água em caso de desperdício, como ocorre atualmente.


23 março 2018

PF cumpre 47 mandados de prisão por tráfico no Tocantins, Maranhão, Mato Grosso e Pará

 
PF cumpre 47 mandados, sendo 26 de prisão preventiva no Maranhão, Tocantins e mais dois Estados.

Polícia Federal realiza a operação Thema nesta sexta-feira (23) para desarticular uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas. Os mandados são cumpridos no Tocantins e em mais quatro estados, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso e Pará.

Ao todo, 130 policiais federais cumprem 47 mandados, sendo 26 de prisão preventiva e 21 de busca e apreensão. No Tocantins, as ações se concentram em Paraíso do Tocantins.

As investigações começaram em 2016. Segundo a Polícia Federal, o grupo criminoso, que atuava na cidade tocantinense, adquiria a droga de um fornecedor no estado do Mato Grosso. Ele indicava contas bancárias de terceiros para receber os pagamentos de compradores.

A PF informou que os compradores de Paraíso também usavam a conta bancária de outras pessoas para pagar os fornecedores do Mato Grosso.

O objetivo era evitar o rastreamento do dinheiro e a vinculação dos fornecedores e compradores.

Em São Luis, a Polícia Federal cumpriu 01(um) mandado de prisão preventiva emitido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Paraíso do Tocantins/TO em desfavor de Juarez Teixeira Gama, que seria o responsável pelo transporte da droga, sendo preso no bairro de Fátima. Ele prestou depoimento e deve responder pelo crime de tráfico de drogas e associações, conforme Lei 11.343/06 e se encontra preso à disposição da justiça.

Título de eleitor pode ser emitido com o nome social do travesti, transgênero e transexual

O Plenário do Tribunal Superir Eleitoral (TSE) decidiu na quinta-feira (22), por unanimidade, que os travestis, os transexuais e os transgêneros poderão solicitar à Justiça Eleitoral a emissão do título de eleitor com seu respectivo nome social, em vez do nome civil. Os ministros decidiram, ainda, que o Cadastro Eleitoral manterá as informações dos dois nomes: tanto social, quanto civil. Caso o eleitor se candidate a algum cargo público, a divulgação será feita a partir do nome social do candidato, para preservar a intimidade de cada um. O acréscimo deste ponto foi feito ministro Luis Roberto Barroso.

A decisão de hoje complementa o que os ministros já haviam decidido na sessão do último dia 1º de março, quando responderam a uma Consulta formulada pela senadora Fátima Bezerra (PT-RN). Na ocasião, o ministro Tarcisio Vieira, relator, defendeu o uso do nome social nas urnas a partir das eleições deste ano. Ele foi acompanhado por todos os demais integrantes da Corte.

O ministro Napoleão Nunes Maia acrescentou que “cabe à Justiça Eleitoral proceder a atualização do respectivo Cadastro Eleitoral a fim de viabilizar aos travestis e transexuais o direito ao reconhecimento de seus nomes sociais”. Ele destacou que tal modificação pode ocorrer “até mesmo antes de eventual alteração do registro civil”.

Data ainda vai ser definida

A partir dessa decisão, os cartórios eleitorais de todo o país serão orientados sobre como proceder para a emissão do documento com o novo nome. Em breve, a Justiça Eleitoral divulgará a data a partir da qual cidadãos interessados em registrar o nome social e a identidade de gênero com os quais se identifica poderão comparecer aos cartórios. De qualquer forma, será garantida a impressão do novo documento antes do pleito do próximo dia 7 de outubro.

Zé Reinaldo em Imperatriz



Assim como Zé Reinaldo, Braide também esteve em Imperatriz em torno de articulações que possam sacramentar em definitivo a possibilidade de uma chapa com tempo e tamanho na corrida eleitoral. Vice-prefeito de Imperatriz, ainda incisivo se concorre a deputado, em qual partido ou se quer ser vice de Bride, entretanto, é um dos que se encaixariam na proposta de Zé Reinaldo em lançar Braide com um vice de Imperatriz. Ribinha Cunha, ex-candidato a prefeito de Imperatriz também é uma das possibilidades.

Durante o dia o ex-governador deu entrevistas e soltou possibilidades em torno do Senado, inclusive mais rumores que o DEM ainda não seria portas fechadas.

Braide também teria marcado entrevista a um canal de TV e rádio, mas não apareceu e foi substituído por outra entrevista.


Cemar lidera ranking de reclamações do Procon

O Procon/MA divulgou, nesta quinta-feira (22), o ranking das empresas mais reclamadas de 2017. Encabeçam a lista a Cemar e a Oi Fixo, com 240 reclamações cada uma, e a Oi Móvel, com 215 reclamações fundamentadas. A divulgação aconteceu durante a 4ª Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Superendividamento no VIVA do Shopping da Ilha, em cumprimento ao artigo 44 do Código de Defesa do Consumidor.

Cabe ressaltar que o ranking é baseado somente nas reclamações fundamentadas não atendidas, isto é, aquelas em que a análise das provas constatou as infrações. Para conferir as informações completas, acesse o site:www.procon.ma.gov.br.

De acordo com o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, o ranking das mais reclamadas e o índice de solução de conflitos são termômetros do trabalho do PROCON/MA, além de ser importante para o consumidor compreender quais as empresas buscam melhorar os serviços e quais permanecem com falhas. “Nossa equipe trabalha dia e noite para garantir os melhores indicadores de solução de conflitos, harmonizando as relações de consumo por meio da absoluta defesa do direito do consumidor. Nós reconhecemos que, graças ao intenso trabalho realizado até aqui, alguns fornecedores têm melhorado os seus serviços. Contudo, ainda há muito a avançar em setores como telecomunicação e serviços bancários e de crédito. Por isso, vamos continuar realizando ações preventivas, de orientação e fiscalização, para assegurar o pleno respeito aos direitos dos consumidores”, afirmou o presidente.

Variações

A Samsung registrou melhora em seus serviços, caindo do oitavo para o 14º lugar no ranking. A CAEMA manteve a colocação do ano passado, ocupando a quinta colocação. A administradora de cartões de crédito Bradescard subiu do sétimo no ranking, pelo quarto ano consecutivo, para o sexto lugar.

Confira abaixo o ranking das dez empresas com mais reclamações em 2017:
1º CEMAR

1° OI FIXO

3º OI MÓVEL S/A

4º SKY 5º CAEMA

6º BRADESCARD

7º BANCO DO BRASIL

8º CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

9º VIVO

10º BANCO BRADESCO

Irmãos são presos após chicotear e torturar homem que roubou ovos



Na manhã da última segunda-feira (19), a Polícia Civil deflagrou a operação ‘Al Capone’ na cidade de São Sebastião do Maranhão, no Vale do Rio Doce, para o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva para apurar um caso de tortura. A operação foi articulada após seis meses de investigação sobre um crime supostamente praticado por dois irmãos, de 38 e 35 anos. Um rapaz, de 23, também teria participado das agressões contra a vítima, ocorridas em setembro de 2017.

À época, o homem torturado trabalhava em uma construção na fazenda de propriedade de um dos irmãos, o qual tomou conhecimento de que ele havia furtado de sua propriedade oito ovos de galinha. Os irmãos então teriam torturado a vítima, desferindo contra ela chicotadas na região do rosto, das costas e nos membros inferiores, além de golpes de turquesa.
Divulgação/Polícia Civil

Toda ação criminosa foi registrado por vídeo que, segundo as investigações, foi gravado e divulgado nas redes sociais com o intuito de utilizar tal fato como exemplo do que poderia acontecer com os desafetos dos irmãos. Tomado conhecimento dos fatos, a polícia iniciou as investigações e apurou que os irmãos que teriam cometido a tortura são também suspeitos da prática de tráfico de drogas.

Ao fim da apuração, o delegado responsável pela Delegacia em Santa Maria do Suaçuí, Rodrigo Antunes, representou por mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva em desfavor dos suspeitos pela prática do crime de tortura, além do rapaz de 23 anos pelo envolvimento no crime.

A operação resultou na prisão dos três suspeitos e na apreensão de mais de R$ 6 mil em dinheiro, um cheque no valor de R$ 2 mil, várias roupas camufladas semelhantes às utilizadas pelo Exército, diversos documentos comprovando intensa movimentação financeira, relógios de luxo, vários aparelhos celulares, além de quatro automóveis – um deles blindado -, e uma motocicleta. Todos esses veículos apresentavam indícios de adulteração.

Durante as buscas na residência dos irmãos, o rapaz de 23 anos se exaltou, chegando a quebrar o celular e evadir do local, momento em que foi contido pelos policiais e conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Santa Maria do Suaçuí. Na casa dele, os policiais encontraram diversas aves da fauna silvestre. O pai do suspeito assumiu a propriedade dos animais e acabou preso. Ele tem 48 anos.

Segundo o delegado Rodrigo Antunes, o nome da operação é em alusão ao gângster Al Capone, que foi preso pelo crime de sonegação fiscal. “No caso dos irmãos, nós os prendemos pelo crime de tortura, mesmo sendo suspeitos de atuarem no tráfico de drogas na região”, disse.

Da Polícia Civil e do site www.bhaz.com.br/

Eletrobras desmente nota da CEMAR

Nota a Eletrobras exime culpa sobre apagão, diferente do divulgado pela Companhia Maranhense, a CEMAR e desmente nota.


22 março 2018

TSE cassa mandato do governador de Tocantins

Decisão tem efeito imediato e novas eleições deverão ser realizadas. Por 5 votos a 2 ministros consideraram que houve caixa 2 na campanha do governador em 2014.

G1/tocantins

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta quinta-feira (22) cassar o mandato do governador de Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), e da vice-governadora, Cláudia Lelis (PV).

Por 5 votos a 2, os ministros da Corte consideraram a existência de caixa 2 na campanha de 2014, com utilização de recursos não declarados à Justiça Eleitoral.

A decisão tem efeito imediato e o governador deverá deixar o cargo para realização de novas eleições. O vencedor deverá ocupar o cargo até o final deste ano.

Até a nova eleição, que deverá ocorrer entre 20 e 40 dias, assumirá o cargo de governador o presidente da Assembleia Legislativa de Tocantins, Mauro Carlesse (PHS).

À unidade...


Nas contas dos analistas políticos em torno da eleição para o parlamento estadual e federal deste ano, não incluem praticamente nada de nomes da região tocantina, o que para a população dessa região nos próximos anos seria considerado um desastre. 

Não há como haver lutas por demandas de uma região que não possui representatividade. A batalha pelo voto nunca foi fácil, mas a dificuldade, portanto, se torna ainda mais cruel se o previsto vir à realidade.

A população ou o eleitorado da região tocantina precisa observar que não se trata de um discurso bairrista ou para os mais melindrosos; xenófobo. Votar em candidatos que aparecem neste momento e em boa parte apoiados por prefeitos, é votar no interesse do prefeito e não da população. A maioria dos acordos estão sendo cumpridos ou não atingem diretamente a população pelos próximos anos. A responsabilidade desses políticos, se eleito, naturalmente serão com suas bases e os votos de fora(o nosso) permanecerão como algo a ser conquistado, como sempre, e sem compromisso, pois este já foi pago. É por isso que candidatos que estão no mandato estão propícios a eleição, visto que os acordos estão à mesa.

O eleitorado precisa entender que os prognósticos não podem de forma nenhuma se repetir, afinal, houve um tempo onde a eleição de um deputado da região tocantina ou de Imperatriz foi algo extraordinário. E isso não pode voltar a ocorrer.

Uma região sem representatividade política é uma região que não inexiste.