30 agosto 2013

Oposição “fecha o cerco” a Eliziane

Os deputados da oposição ligada ao presidente da Embratrur, Flávio Dino (PCdoB), não conseguem mais esconder o desespero por conta dos rumos que a pré-candidatura da
também deputada Eiziane Gama (PPS) tem tomado.
Eles agora resolveram “fechar o cerco” à popular socialista para tentar demovê-la da ideia de disputar o Governo do Estado.
No final da manhã de hoje (29), após a sessão plenária na Assembleia Legislativa, levaram a deputada para almoçar. “Assunto principal: a mudança no Maranhão”, escreveu o deputado estadual Othelino Neto, que apesar de ser do mesmo PPS de Eliziane, prefere a candidatura do comunista.
Na foto acima, postada pelo próprio Othelino, aparecem, sorridentes, ele mesmo, Rubens Júnior (PCdoB) e Bira do Pindaré. Marcelo Tavares e Cleide Coutinho parecem mais sérios do que deveriam.
E Eliziane… Bem, a imagem fala por si só.

Por Gilberto Léda

29 agosto 2013

Ciclo de palestras do programa “Balde Cheio” é realizado no povoado Centro dos Carlos.

João Lisboa_  Foi realizado no último dia 20/08, no povoado Centro dos Carlos, mais uma etapa do ciclo de palestras do programa de auxilio ao produtor rural, Balde Cheio, aplicado por intermédio da Secretária de Agricultura, produção e meio ambiente do município em parceria com o SEBRAE.
Na oportunidade, produtores rurais, comunidade local e alunos do programa de Alfabetização de Jovens e Adultos (EJA), participaram das palestras, onde foram orientados sobre a importância das informações coletadas para determinar a evolução do programa, que já vem sendo realizado desde o inicio do ano, assim como, de manter o acompanhamento técnico por parte da secretaria e do SEBRAE nas propriedades cadastradas.
O consultor Rafael Heringer, ressaltou a importância da qualificação do produtor rural para o desenvolvimento da pecuária leiteira em propriedades familiares, capacitando e promovendo troca de informações sobre as tecnologias aplicadas regionalmente.
A secretária Municipal de Agricultura, Alessandra Silva, também ressaltou a importância da participação do produtor nos programas executados pela prefeitura, pois, para ela, essas qualificações estão diretamente ligadas a qualidade e ao aumento da produção.

O programa Balde Cheio é acompanhado por técnicos da Secretaria de Agricultura e do SEBRAE, que monitoram a evolução através de visitas as propriedades e a produção, e visa, fundamentalmente, recuperar a importância da extensão rural como fator fundamental para o desenvolvimento do setor e o resgate a dignidade do produtor rural.

DENGUE: Juiz de Dom Pedro concede alvará que permite ingresso em imoveis fechados

O juiz de Carlos Eduardo Coelho de Sousa, que responde pela Comarca de Dom Pedro, proferiu uma decisão sobre uma Ação de Alvará para Ingresso em Imóveis Fechados, ajuizada pelo representante do Ministério Público Estadual, determinando a expedição de alvará autorizando a entrada em propriedades particulares localizadas na circunscrição do município de Dom Pedro, em prol da saúde pública.
 Poderão entrar nesses locais grupos formados por no mínimo três agentes de saúde, os quais serão designados pela Secretaria de Saúde do município. “O objetivo da iniciativa é o de evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, ou de outras pragas que possam causar perigo à saúde pública, e também visa tentar impedir a transmissão da doença através de focos possivelmente existentes nos muitos imóveis abandonados na cidade”, destacou Carlos Eduardo na decisão.
 No município, o poder público trava uma batalha no combate a endemias, em especial à dengue, promovendo diversas ações através da Secretaria municipal de Saúde, nacaça ao mosquito da dengue. Em ações neste ano, uma equipe de 15 agentes visitou, no mês de janeiro, mais de 1.180 imóveis, sendo encontrados 115 focos ativos do mosquito. Numa outra ação, o trabalho resultou em 2.290 visitas que mostraram o assustador numero de 147 focos.
 De acordo com a Secretaria de Saúde do município, a última gestão não atualizou os índices de infestação junto ao Ministério da Saúde. Para o governo federal, o município apresentava um falso índice de 0,15%. Após a ação de visitas, o índice subiu para 7%, número quatro vezes maior que o que aceitável pelo Ministério.
 “O alvará vai possibilitar que todas as propriedades, as quais os agentes julgarem conveniente, sejam vistoriadas, contribuindo, assim, para essa luta contra a dengue no município de Dom Pedro”, finalizou Carlos Eduardo Coelho de Sousa.
 Assessoria

Superávit do governo central cai 26,7% em 2013


As contas do governo central – que reúne Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência – apresentaram em julho um superávit primário de 3,72 bilhões de reais. No acumulado de 2013, as contas acumulam superávit de 38,1 bilhões de reais – uma queda de 26,7% em relação ao mesmo período de 2012. O resultado do governo central em julho apresentou um crescimento de 189,6% em relação a junho, quando ficou em 1,285 bilhão de reais. Em relação a julho de 2012, quando o superávit foi de 4,004 bilhões de reais, houve queda de 7,09%.
De acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Tesouro, o esforço fiscal do governo central caiu de 2,08% do Produto Interno Bruto (PIB) de janeiro a julho de 2012 para 1,40% no mesmo período de 2013.
Os dados mostram que o Tesouro em julho apresentou superávit de 7,04 bilhões de reais, acumulando saldo positivo de 68,77 bilhões de reais do começo do ano até julho. Por outro lado, a Previdência apresentou déficit primário de 3,08 bilhões de reais em julho. No ano, o resultado negativo chega a 30,11 bilhões de reais. As contas do BC também ficaram no vermelho em julho, com déficit primário de 235,4 milhões de reais. No acumulado do ano, o déficit da autoridade monetária é de 548,6 milhões de reais.
A meta prevista para o governo central na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) até o segundo quadrimestre (agosto) é de 35 bilhões de reais. Portanto, ainda que o resultado deste ano mostre uma redução do esforço fiscal em relação a 2012, o governo ainda tem uma posição confortável de acordo com suas próprias previsões, já que o acumulado de sete meses ultrapassa 38 bilhões de reais.
No período de 12 meses até julho, o superávit do governo central é equivalente a 1,6% do PIB, ou 74,4 bilhões de reais. A meta até o final do ano do governo central é de 73 bilhões de reais. Os dados completos das contas do setor público serão divulgados nesta sexta-feira pelo BC.
Despesas
As despesas do governo central subiram 12,8% no acumulado de janeiro a julho, em relação ao mesmo período de 2012. Já as receitas tiveram alta de apenas 7,9%. Em relação a junho, a alta das despesas foi de 10,4% e o avanço das receitas foi de 7,5%. Segundo os dados divulgados pelo Tesouro, as receitas com concessões somaram 3,315 bilhões de reais no mês passado. Já a transferência de dividendos de empresas estatais para a União foi de 68,7 milhões de reais.
No acumulado de janeiro a julho, as receitas com concessões totalizam 6,108 bilhões de reais, o que representa um aumento de 611% em relação aos sete primeiros meses de 2012. O valor dos dividendos no ano foi de 7,763 bilhões de reais, o que representa uma queda de 24,6% em relação ao período de janeiro a julho de 2012.
PAC
Os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) somaram 26,5 bilhões de reais de janeiro a julho, o que representa um crescimento de 6,8% em relação ao mesmo período de 2012. Apesar de manter a expansão, o ritmo de crescimento dos investimentos do PAC desacelera. O mesmo aconteceu com os investimentos totais do governo, que somaram 38,8 bilhões de reais, alta de apenas 0,1% em relação a igual período do ano passado.
Por Reinaldo Azevedo

Supremo rejeita os embargos de José Dirceu e pena permanece em dez anos e dez meses de prisão

Sol quadrado – Confirmando a tendência que se formou no julgamento dos recursos dos mensaleiros Delúbio Soares, José Genoino e Marcos Valério, entre outros, o Supremo Tribunal Federal rejeitou nesta quinta-feira (29) os embargos de declaração do condenado José Dirceu de Oliveira e Silva, ex-ministro-chefe da Casa Civil e acusado de ser o chefe do maior escândalo de corrupção da história nacional, o Mensalão do PT.
Com isso, a pena de José Dirceu permanece em dez anos e dez meses de prisão, que por ser superior a oito anos terá de ser cumprida inicialmente em regime fechado. Na melhor das hipóteses os advogados do ex-comissário palaciano poderão ingressar com embargo de embargo, que será rejeitado porque a decisão tomada pelo STF nesta quinta-feira não deixou qualquer obscuridade em termos de interpretação.
Na verdade, o STF foi condescendente, não se atendo ao próprio regimento, acatou os embargos de declaração, que na opinião de renomados criminalistas, alguns dos quais que advogam para o PT, foi um precedente da Corte para evitar os inevitáveis discursos de cerceamento de defesa.
Conclusa a presente fase recursal, que deve terminar na próxima semana, as penas decorrentes da Ação Penal 470 alcançarão o trânsito em julgado, permitindo a execução das mesmas. Em outras palavras, quem participou do Mensalão do PT terá de cumprir a respectiva pena a que foi condenado.
O maior temor da sociedade repousava na possibilidade de alguma manobra de última hora para salvar José Dirceu, o verdadeiro homem forte do Partido dos Trabalhadores, mas o Supremo mostrou altivez ao não se intimidar diante das pressões do partido, todas patrocinadas pelo ex-presidente Lula, que continua fugindo da imprensa para não explicar alguns escândalos do período em que esteve presidente.
Na decisão da tarde desta quinta-feira, foram vencidos parcialmente os ministros Ricardo Lewandowski, José Antonio Dias Toffoli e Marco Aurélio Mello. O voto derradeiro da Corte, cumprindo a ordem inversa da hierarquia, coube ao ministro Celso de Mello, que proferiu uma aula magna sobre as decisões do caso, colocando nos devidos lugares todos aqueles que em algum momento questionaram a legitimidade do julgamento.
Se alguma possibilidade existia para José Dirceu minimizar o tempo da sua condenação, essa desapareceu depois do fiasco protagonizado na noite anterior pela Câmara dos Deputados, que em votação secreta manteve o mandato de Natan Donadon, condenado pelo mesmo STF a treze anos de prisão por peculato e formação de quadrilha. O Supremo foi atropelado pela Casa legislativa, que desrespeitou de forma acintosa uma condenação transitada em julgado e decidida pela mais alta instância do Judiciário do País.

Ucho.info

Prefeitura, judiciário e Ministério Publico se calam sobre denuncias de radialista...


Um radialista que apresenta um programa em Imperatriz, na tv band, falou hoje (29), que o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, não investiria em abastecimento de água, (é de responsabilidade da Caema), por não haver divisão de dinheiro (sic), insinuando, sem meias palavras, que os unicos recursos que o prefeito se interessava seriam da saúde e os destinados para asfalto, pois, ainda segundo ele, daria para ser dividido.

 Na eleição do ano passado, esse mesmo radialista, na época candidato a prefeito, se dirigiu por várias vezes ao judiciário e ao Ministério Publico, afirmando que o sistema teria sido comprado pelo atual prefeito. Este ano (2014), as denuncias continuaram sendo feitas, mas estranhamente nenhuma delas foram investigadas ou emitido qualquer nota por parte dos supostos envolvidos.

Nos ultimos dias o que tem ocorrido é que o mesmo judiciário e o Ministério Publico passaram a conceder entrevistas neste programa, como se todo o ranço tivesse sido resolvido, como se não existisse mais qualquer queixa ou denuncia, como se tivessem fumado o cachimbo da paz. 

As denuncias feitas pelo radialista não só colocam em duvidas as ações do judiciário imperatrizense, como tira todo o respaldo nas decisões que saem do fórum local. Para os magistrados, que no uso do seu poder de julgamento, se atém aos fatos e despreza qualquer sentimento individual, é como se tudo que tivesse sido aprendido ao longo de sua história na magistratura fosse igualado a todo o sistema corrupto, que talvez não seja o caso de Imperatriz.

Em Imperatriz o que não é possível compreender, é como é possível o prefeito de Imperatriz, o Judiciário e o Ministério Publico se curvarem a todas as denuncias, sem emitir qualquer nota ou mesmo pedir a apresentação das provas de tais denuncias judicialmente, é como se existisse, de fato, algo que esse apresentador pudesse intimidá-los.

Estaria esse sujeito sobre um manto intocável, que nem mesmo a lei não o atingiria? E que  poder é esse, que cala juízes, promotores e prefeito?

É preciso que todo esse sistema,(judiciário, MP e prefeitura), venha a público o quanto antes e se justifique, ou se defenda, e se as denuncias forem de fato infundadas, que o autor seja responsabilizado.

O que a sociedade não pode aceitar é que denuncias como estas sejam desprezadas pelas partes supostamente envolvidas.

28 agosto 2013

Um palanque para Aécio no Maranhão...

A deputada Eliziane Gama (PPS), deixou clara a sua intenção de concorrer a eleição para o governo do Estado do Maranhão. Uma das condições que viabilizaria suas chances de vitória, sem duvidas, seria o apoio do PSDB, que já deu sinal para uma possível aliança, dependendo somente da conjuntura nacional ou o final do prazo de filiação e mudança de partido, visto que o PPS, teria feito o convite a José Serra para concorrer a presidência pelo partido, o que inviabilizaria o palanque para o candidato tucano, Aécio Neves, no Estado.

Eliziane PPS, reforço com o PSDB.
O partido tucano até então estava indefinido e solitário na conjuntura Estadual. Primeiro por conta de uma quase improvável aliança com o PMDB do governo e de Roseana, que para isso ocorrer, o partido a nível nacional teria que se deslocar do PT. Segundo, a possibilidade de aliança com o PC do B, que apesar de ter boas chances de vitória eleitoral, sustenta a possibilidade de uma aliança também com o partido petista, dado principalmente a proximidade de Dino, o pretenso candidato, com o Governo Federal, o que afastaria também a possibilidade de palanque junto com os tucanos.

Dino não tem escondido nos últimos dias sua decepção em ver um novo grupo se fortalecer com mais um candidato que não vem do ciclo governista, mas não demonstrou a mesma preocupação ao desprezar essas  vertentes que cresciam como opção no Estado. Por isso, tentam agora negociar a desistência de Eliziane, até com uma proposta de ser escolhida como a vice-candidata no projeto comunista. Eliziane, por sua vez, aguarda somente uma definição dos demais partidos, como o PP, que também é simpático a candidatura do PPS.
Eliziane PPS, à mesa com tucanos...
O PSDB tem deixado claro que teria dificuldade em fazer aliança com o PC do B, principalmente por conta das mágoas deixadas na eleição municipal do ano passado. Como para os comunistas também seria uma “faca de dois gumes” não enfrentar a eleição em São Luis contra o tucano João Castelo.


O final do prazo de filiação poderá desvendar vários atores importantes que deve contribuir para a eleição Estadual. Se o PSDB não tem ainda sua indicação para vice, o findar do prazo também poderá haver alguma novidade, como a filiação vindo da cidade de Imperatriz, que ainda é considerado um campo desconhecido para Eliziane, mas que poderá defini-la como forte candidata eleitoralmente.

Moradores do povoado Coquelândia receberão títulos definitivos.

O processo de regularização fundiária de Imperatriz, iniciado pelo prefeito Sebastião Madeira, com a inauguração da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária (Serf), começa a alcançar também a região rural do município.

Sec. Regularização Fundiária, Daniel
Sousa. Exemplo de execução.

Na manhã do ú
ltimo domingo (25), a equipe da Serf, liderada pelo secretário municipal de Regularização Fundiária, Daniel Pereira de Souza, realizou audiência pública com dezenas de moradores do povoado Coquelândia, situado às margens da chamada "Estrada do Arroz".
No encontro, ficou decidido que o processo de cadastramento das famílias seria imediatamente iniciado e que, superada a fase de campo, que compreende a localização e medição dos imóveis, a Secretaria realizaria o desmembramento dos lotes, com a consequente entrega dos registros.

Em relação à organização fundiária da zona rural, Daniel Souza ressaltou que o início do processo de legalização de posse de terra na região rural de Imperatriz é resultado de uma parceria institucional com o Programa Terra Legal, do Governo Federal, e da indicação do vereador Chiquim da Diferro, que formalizou proposição à própria Secretaria para que a regularização fundiária urbana, deflagrada em Imperatriz, alcançasse também os moradores do campo.


"Fizemos uma parceria com o Terra Legal. Recebemos o Título Definitivo de Área Rural da Coquelândia e já iniciamos o processo. Depois que recebemos a proposição oficial da Câmara Municipal, através do vereador Chiquim da Diferro, vamos alcançar, ainda este ano, o Povoado 1700 e as Vilas Conceição I e II. De fato, não poderíamos deixar ao largo do processo os moradores da zona rural, tão carentes de legalização quanto os da cidade. Por isso, resolvemos estender o processo", garantiu Daniel Souza, ressaltando que a regularização fundiária encampado pela gestão do prefeito Madeira vai, a cada dia, se agigantando diante da enorme demanda.


Nessa terça-feira (27), o secretário de Regularização Fundiária autorizou que a Associação de Moradores de Coquelândia iniciasse o cadastramento prévio dos interessados. Na próxima semana, o Setor de Mapeamento e Zoneamento Urbano da Secretaria de Regularização Fundiária inicia a triagem do cadastro, a identificação documental dos beneficiários e dá início à medição dos imóveis.


O secretário lembrou ainda, durante a audiência pública, que a regularização fundiária deve ser uma luta de todos, com a participação direta da própria população, porque é o povo que irá se beneficiar.


"O processo de regularização fundiária de Imperatriz, inclusive da zona rural, não pode prescindir da participação do povo e de suas entidades. É uma parceria fundamental porque aquele que está sendo beneficiado é o mesmo que está fiscalizando. Depois, é preciso a união de todos para que alcancemos o objetivo que é comum a todos. É todos por todos. Só assim vamos vencer a infernal burocracia, a má-fé de gente poderosa e a grilagem de terras públicas. Assim estamos conduzindo o processo, com trabalho e participação popular", acrescentou Daniel Souza. [ASCOM]

ITAGUATINS: Médico é preso acusado de mandar matar ex-esposa

Danny Alexandro Boado Quiroga, médico que trabalha em Itaguatins
Danny Alexandro Boado Quiroga, médico que trabalha em Itaguatins
O médico, Danny Alexandro Boado Quiroga, 34 anos, que trabalhava em Itaguatins, foi preso nesta terça-feira, 27, em Imperatriz-MA, por agentes da Polícia Civil do estado do Pará. Danny Alexandro e outras duas pessoas são acusados de homicídio em Santa Maria do Pará. Além de Danny os policiais cumpriram mandado de prisão temporária de 30 dias em desfavor de Alvimar Rocha Vieira, 38 anos e Rogério Gomes da Silva, 33 anos.
Danny é acusado de um homicídio tendo como vítima, Eliamara Mendonça da Silva, fato ocorrido no dia 10 de janeiro de 2013, em Santa Maria, estado do Pará.
Segundo informações do delegado Luís Xavier, Eliamara Mendonça era esposa de Danny Quiroga, que é acusado de ser o mandante do crime, cuja motivação teria sido problemas de partilha de bens, já que o casal estava se separando litigiosamente.
Danny Alexandro Boado Quiroga teria sido o mandante do crime, que teria sido executado por Alvimar Rocha Vieira e Rogério Gomes da Silva, preso quando trabalhava em uma churrascaria localizada em um posto de combustíveis da cidade.
No fim da tarde desta terça-feira, o médico fez exame de corpo de delito e nesta quarta-feira, 28, seguem para Santa Maria do Pará, onde ficará à disposição da Justiça. O delegado Luís Xavier informou que não existe mais dúvida quanto ao envolvimento dos acusados no crime e por isso será solicitada a prisão preventiva deles
folhadobico

Vereador Enoc pede creche para Vila Davi 2

As mães que trabalham fora ou são chefes de família nas comunidades de Vila Davi e no novo Conjunto Itamar Guará, distantes 12 km do centro de Imperatriz, não tem um espaço seguro para deixarem os filhos enquanto trabalham. Uma indicação aprovada na Câmara Municipal nesta terça-feira visa acabar com essa situação, solicitando da prefeitura a construção de uma creche escola para funcionar em tempo integral naquelas comunidades onde moram aproximadamente 4 mil pessoas.
Em visita à sessão em que a indicação foi aprovada, o presidente da Associação de Moradores da Vila Davi elogiou a atitude e pede que a prefeitura concretize esse pedido o quanto antes, diante da necessidade de ações públicas naquela região. “Fico muito feliz em saber que nossa comunidade está sendo lembrada pelo vereador Enoc, especialmente nesse sentido de beneficiar nossas crianças, ajudado as famílias. Precisamos que esse projeto seja posto em prática o quanto antes”, afirma Saymon da Silva.
Autor da proposição, o vereador Enoc Serafim (PDT) justifica a necessidade da creche escola para que as crianças sejam mais bem assistidas e a renda mensal daquelas famílias possa melhorar. “A falta de um local seguro para deixar os filhos é o que afasta muitas mulheres do mercado de trabalho. Hoje a mãe que recebe um salário mínimo tem dificuldade para pagar uma babá e sustentar a casa ao mesmo tempo. Com a creche escola a criança vai ter o aprendizado, a merenda na hora certa e o acompanhamento pedagógico”, acrescenta.
A indicação aprovada por unanimidade recebeu subscrição de outros sete vereadores e deve ser executada pela Secretaria Municipal de Educação, tão logo seja passe pela avaliação do prefeito Sebastião Madeira.
Ascom/gabinete

Hostil e insano...

A estratégia de hostilizar os médicos cubanos no Estado do Ceará é algo que deve ser repudiado por todas as esferas e ideologias políticas, mas também ficou evidente que não é algo politico, mas ligado a uma minoria de alunos. Claro que algumas posições contrárias devem existir, mas que não representam de forma alguma o pensamento do povo brasileiro, principalmente na forma racista que ocorreu o episódio. 

 Algumas questões como a forma de contratação, que sem duvidas deve ser rigorosamente questionada, não impedem que esses profissionais da medicina que estão no país exercem suas missões. E principalmente eles que não tem culpa das desgraças de seu país, devem atender e prestar um bom serviço social no Brasil.

Temos grande necessidade de atendimentos médicos, na sua maioria por culpa do próprio governo que não previu em nenhum dos dados que demonstram algum tipo de problema relacionado a demanda, que o país precisava se desprender de algumas questões.

Centena de brasileiros tem procurados outros países para iniciar um estudo superior na área da medicina. Exatamente por conta da mesma dificuldade para ingressar em uma faculdade no Brasil. 

O que deveria ter sido feito, claro, é o governo ter ampliado a oferta de cursos e com certeza a situação da saúde publica, com relação a atendimento médico estaria menos precária, o que não restringe e nem condiciona a qualidade quando se trata da questão estrutural.

Todo tipo de preconceito deve ser repudiado, principalmente por aqueles que viam no governo uma porta de oportunidades e agora vêem, no mesmo governo, uma larga porta de concorrência, proporcionada pela entrada dos médicos no Brasil.

Então, a culpa é de quem? Claro que não é da população mais necessitada, que não quer nem um pouco saber de onde virão os médicos.

27 agosto 2013

Escolas de João Lisboa recebe freezers e bebedouros novos.

Secretário acompanha entrega dos equipamentos
A secretaria de Educação do Município de João Lisboa adquiriu 25 freezers e 10 bebedouros que estão sendo entregues à rede municipal de ensino de educação.

Os freezer, equipamentos de congelamento e conservação, tem por objetivo armazenar a merenda escolar entregue nas escolas, principalmente os produtos de característica perecível; como queijo, poupas de frutas, leite, carnes e outros.

Todas as escolas do município, tanto da zona urbana quanto da zona rural, que ainda não dispõe do equipamento serão beneficiadas. Na ultima semana foram entregues 12 equipamentos, no total de 25 que serão entregues nesta primeira etapa.

O trabalho de distribuição serão realizados progressivamente, à medida que os equipamentos estiverem à disposição da secretaria.

O secretario de educação, Davison Sormane, garantiu também que as escolas serão beneficiadas com vários tipos de ações que venham sanar problemas antigos ainda existentes, como reformas, pinturas e ampliação, e ressaltou a importância dos equipamentos. "Ainda temos escolas que nunca tiveram bebedouro, mas estamos trabalhando para resolver esses problemas mais complexos ao longo deste ano". 

Davison garantiu ainda que serão adquiridos mais equipamentos que serão entregues em uma segunda etapa

(assessoria)

A difícil convivência de Roberto Rocha na oposição…


Eleição após eleição, o vice-prefeito de São Luís Roberto Rocha (PSB) é visto sempre com desconfiança pela oposição maranhense.
http://blog.jornalpequeno.com.br/ricardosantos/files/2013/08/foto-20-Roberto-566x1024.jpgA falta de credibilidade  do socialista entre seus pares oposicionistas parece superar qualquer estrutura de campanha ou força política e eleitoral que ele possa demonstrar ter.
Às vésperas da campanha de 2014, Rocha continua a enfrentar esta desconfiança.
Com relação apenas formal com o chefão comunista Flávio Dino, Rocha também não se dá bem com o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), vive uma espécie de isolamento na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e não consegue abrir diálogo com membros do PSDB e do PDT.
Mas há razão para isso.
Filho do ex-governador Luiz Rocha, Roberto nasceu nas entranhas do grupo Sarney, por onde se elegeu deputado estadual. Rompeu com os Sarney em 1993, quando tentou ser presidente da Assembleia Legislativa e foi preterido.
A partir de então, passou a compor na oposição, mas nunca conquistou o nível de confiança necessário para se tornar um líder de fato.
Em 2002, decidiu sair candidato a governador, mesmo contra a vontade de Jackson Lago (PDT), que tinha a esperança de vencer no primeiro turno. A dois dias da eleição, renunciou a candidatura.
Resultado: José Reinaldo venceu no primeiro turno.
Em 2006 ele já estava com José Reinaldo, elegendo-se deputado federal no grupo que elegeu Jackson Lago. Mas manteve-se distante das articulações até a cassação de Jackson.
Em 2008, articulador da campanha de João Castelo – e enciumado com a ascensão de Flávio Dino (PCdoB) – tentou enquadrar o comunista dizendo que “política tem fila, que deve ser respeitada” .
Em 2011, já havia rompido com Castelo e estava no grupo do mesmo Flávio Dino que não respeitou a fila.  Conseguiu eleger-se vice-prefeito em 2012.
De lá para cá, tem buscado apoio de outras correntes políticas à sua candidatura a senador – e se mostra cada vez mais afastado do comunista e seus aliados.
As idas e vindas de Roberto Rocha na oposição repercutiu ontem na Assembleia Legislativa.
Ao explicar uma fala ao deputado Marcelo Tavares (PSB), o também deputado Carlos Alberto Milhomem (PSD) deu uma definição do perfil de Rocha:
- Ele é o nosso Cavalo de Troia na oposição.

VALÉRIA MACEDO PEDE CONSTRUÇÃO DE UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE EM RIBAMAR FIQUENE

Foi aprovada indicação da deputada Valéria Macedo (PDT), solicitando ao Governo do Estado a viabilização de recursos financeiros e orçamentários, dentro das medidas legais e administrativas necessárias, para a construção de uma Unidade Básica de Sáude – UBS, no povoado Jussara, localizado no município Ribamar Fiquene.

A deputada ressaltou que Jussara é um dos maiores povoados de Ribamar Fiquene, porém, fica localizado a 25 km da sede, e falta transporte regular para deslocar as pessoas para tratamento de saúde na cidade e para receber assistência médica de atenção básica. 
“Portanto, é de extrema necessidade a construção de uma Unidade Básica de Saúde, com equipamento médico hospitalar e gabinete odontológico, para que sejam oferecidos atendimentos médico e multi profissional a contento aos moradores, não só do Povoado em referência, mas, também, a outros povoados circunvizinhos da localidade”, justificou Valéria.

Moradores do Maranhão Novo comemoram a pavimentação das ruas

Drenagem profunda e asfaltamento estão em fase final

O mau cheiro proveniente do esgoto correndo pelas ruas sem infraestrutura agora é um cenário que faz parte do passado dos moradores das Ruas Goiás e Mato Grosso, no bairro Maranhão Novo. Com toda a drenagem profunda pronta, para canalização correta do esgoto, o asfalto começa a ser aplicado. O trabalho da prefeitura, com recursos indicados pelo vereador Enoc Serafim (PDT) é comemorado pelos moradores que esperam há tempos pelos benefícios.

Dona Lenir, moradora da Rua Mato Grosso há 33 anos, diz que a pavimentação é um sonho antigo, que eles já estavam desistindo de acreditar. Ela comemora a melhoria na qualidade de vida e a valorização de sua casa. “Me sinto muito feliz em saber que o poder público olhou para a nossa rua. Todo mundo adoecia com o mau cheiro do esgoto. Agora nossa casa ficou valorizada e vamos poder sentar na porta de casa”, destaca.

O autor da indicação se diz satisfeito com a qualidade do trabalho realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrura (Sinfra). “A recuperação dessas ruas é um sonho desses moradores, que eu tenho o prazer de ajudar a realizar. O prefeito e o secretário de infraestrutura demonstraram o respeito que têm à população em fazer não só o asfalto, mas tratar o problema pela raiz, que é a drenagem profunda”, ressalta Enoc Serafim.


No projeto executado pela Sinfra, além da recuperação das ruas citadas, estão incluídas as ruas transversais Eduardo Gomes e Senador Millet. De acordo com o secretário Roberto Vasconcelos Alencar, ainda será feita ligação da Rua João Lisboa, que faz cruzamento coma Rua Goiás, com a BR- 010, bem como a conexão da Rua Goiás com Bom Futuro. O prefeito Sebastião Madeira acrescenta que as ruas drenadas e asfaltadas se transformarão em opções para condutores de veículos, no sentido de desafogar o trânsito nas vias principais.

Ascom/gabinete

26 agosto 2013

Funcionário Publico procura mulher "SÉRIA" para casar...


O funcionário público, Cassiano Ricardo Milhomem, de 44 anos, pediu espaço no webjornal Folha do Bico, para fazer um apelo. O rapaz procura uma namorada. Há alguns anos sem companheira, Cassino afirmou não querer mais viver sozinho e decidiu trazer a público suas intenções.
Cassiano Ricardo procura um grande amor
Cassiano Ricardo procura um grande amor
Cassiano Ricardo disse que procura uma mulher para compromisso sério, se tornar noivo, casar e constituir uma família. “Sabe, viver só é muito ruim, todos nós precisamos de alguém que possamos amar, cuidar e dar carinho. Esse é meu profundo desejo. Quero encontrar uma companheira de verdade, para dividir os momentos bons e ruins. Ter filhos, viajar, passar o dia dos namorados juntos, enfim, viver uma história de amor”, disse Cassiano.
Questionado porque nunca casou, Cassiano disse que é um homem sensível, romântico e amoroso, mas que as vezes, a timidez bloqueia sua capacidade de se expressar e falar sobre seus sentimentos. “As mulheres as vezes não tem a sensibilidade de entender que nem todo homem tem a coragem de se declarar. Eu por exemplo, sou bastante tímido, isso me atrapalha. Mas quero colocar um basta nisso”, afirmou o rapaz.
Cassiano comentou ainda que procura uma mulher que tenha o real interesse de amar, constituir uma família, que seja sincera, que goste de viajar, não tenha vícios e seja romântica. “Quero uma companheira que corresponda todo o meu sentimento e todo o romantismo que tenho dentro de mim. Não estou aqui para brincar de relacionamento, nem ter namoro de adolescente. Quero coisa séria e verdadeira”, concluiu.
O rapaz pediu que para as interessadas em conhecê-lo entrem em contato pelos fones: (63) 9957-6336 (Vivo)/8401-7124 (Oi)/8105-5974 (Tim).
Folha do bico

Eliziane Gama apresenta aos membros do PSDB proposta de aliança

Gilberto Léda
Da Editoria de Política
Pré-candidata pelo PPS, deputada acredita que tucanos têm o poder de tornar candidatura competitiva.
A deputada estadual Eliziane Gama, pré-candidata do PPS ao Governo do Estado, ofereceu ao PSDB uma vaga na chapa majoritária para que os dois partidos marchem coligados nas eleições de 2014. A proposta foi feita no sábado, dia 24, durante almoço entre a popular-socialista e os deputados federais tucanos Carlos Brandão e Pinto Itamarty, e os estaduais Neto Evangelista e Gardênia Castelo.
Eliziane tem centrado forças na aproximação com o PSDB desde que o Diretório Estadual do PPS decidiu, há duas semanas, aprovar um indicativo de que o partido lance mesmo candidatura própria.
"Eu pedi realmente esse apoio do PSDB e senti que a receptividade foi muito boa. A ideia é que tenhamos uma candidatura majoritária com PPS e PSDB, mas nunca descartamos a busca pelo apoio de outros partidos", afirmou.
Segundo Gama, a entrada dos tucanos na chapa será fundamental para torná-la "competitiva". O tempo de TV seria um dos principais ganhos para a candidatura, na avaliação da pré-candidata. "O PSDB faria essa candidatura competitiva, pelo lastro político das suas lideranças, mas também pelo tempo de TV que agregaria. O PPS sozinho teria algo em torno de 20 segundos na propaganda eleitoral gratuita. Com o PSDB, esse tempo sobe para cinco minutos", revelou.
A conversa com a deputada, no entanto, ainda não foi decisiva para o tucanato maranhense. Os líderes da sigla já se reuniram, também, com o secretário de Estado de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, e com o presidente da Embratur, Flávio Dino, pré-candidato do PCdoB. Mas o fato de terem esperado uma reunião com a presidente estadual do PPS sobre a sucessão antes de um posicionamento oficial denota que a inclinação maior do PSDB é mesmo pela coligação com a popular-socialista.
A O Estado, Carlos Brandão, presidente do Diretório Estadual do PSDB, revelou que os colegas de partidos ficaram satisfeitos com o que foi proposto pela parlamentar, mas ressaltou que uma decisão só poderá ser tomada após as acomodações políticas nacionais.
"Foi uma conversa muito boa. A Eliziane nos abriu espaço na majoritária e espaço no governo, caso seja eleita. Mostrou uma flexibilidade muito grande, mas uma decisão só pode ser tomada após uma definição mais clara do quadro nacional", relatou.
Segundo ele, existe uma possibilidade de o presidenciável José Serra deixar o PSDB e filiar-se justamente ao PPS. "Nesse caso, nós não poderíamos dar palanque no Maranhão justamente a um candidato que deixou o partido só para concorrer contra o nosso candidato, que é o senador Aécio Neves", avaliou.
Partidos - Brandão frisou que, apesar de já ter conversado com os três principais pré-candidatos ao governo, as reuniões devem ser mantidas, pelo menos, até o dia 5 de outubro. "É quando as coisas se aclaram. Até lá, não dá para bater martelo", completou.
Para o presidente estadual do PSDB, a direção da legenda tem assumido papel de protagonista do debate das candidaturas porque assumiu uma "posição mais democrática". "Estamos levando esse debate das candidaturas, de forma muito democrática, para dentro do partido", finalizou.

"Ainda há muita mágoa de Flávio Dino no PSDB"

O presidente estadual do PSDB, deputado federal Carlos Brandão, disse em entrevista a O Estado não ter problemas pessoais com nenhum dos pré-candidatos com os quais já conversou sobre a sucessão de 2014. Mas revelou que há no partido ainda muitos militantes "magoados" com o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), por conta do resultado das eleições de 2012.
Na ocasião, Dino patrocinou politicamente a eleição do atual prefeito, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que derrotou no 2º turno o tucano João Castelo. Os efeitos desse embate, segundo Brandão, ainda não foram bem digeridos pelos colegas de partido.
"Eu pessoalmente não tenho problema com ninguém, mas ainda existe, sim, muita mágoa do Flávio Dino no partido", relatou.
Segundo ele, no entanto, as conversas com todos os líderes da sigla têm sido no sentido de que se esqueça todas as desavenças passadas para que se tome uma decisão focada no objetivo de fazer o partido crescer.
"Nós não podemos passar o resto da vida olhando para 2012, sob pena de termos nossas decisões prejudicadas pela mágoa pessoal. Temos que olhar para o futuro e tomar as decisões que melhor atendam ao nosso objetivo, que é fazer esse PSDB ainda maior do que é", completou.

Mais

O PSDB já decidiu que não mais vai lançar candidato próprio ao Governo do Estado, mas quer a vaga de candidato a senador, provavelmente para João Castelo

Ainda sobre o jantar promovido por Madeira...

Presença


Os vereadores de São Luís José Joaquim e Gutemberg Araújo viajaram para Imperatriz, sexta-feira, especialmente para o jantar em homenagem ao secretário Luis Fernando Silva. Foram convidados pessoalmente pelo prefeito Sebastião Madeira (PSDB), organizador do encontro. A presença dos dois tucanos mostra que, na cúpula do PSDB já há mais vozes favoráveis à aliança em torno do peemedebista.

Comida caseira


Organizador do jantar-homenagem a Luis Fernando, o prefeito Sebastião Madeira convocou a família para a missão. Coube a sua esposa a elaboração de todo o cardápio servido a prefeitos, vereadores e auxiliares do governo e das prefeituras. No total, 37 prefeitos atenderam ao chamado do colega de Imperatriz para prestigiar o secretário de Infraestrutura.

Estado Maior

VALÉRIA PEDE AO GOVERNO MAIS SEGURANÇA PARA MUNICÍPIOS DO MARANHÃO DO SUL

A pedido da deputada estadual Valéria Macedo (PDT), o secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, e o Comandante–Geral da Polícia Militar, Franklim Pacheco, receberam dia 22/08 em audiência diversas lideranças, onde foi solicitada mais segurança para municípios da região Sul, centro e outras regiões do estado.

Na audiência, vários assuntos ligados a segurança pública foram objeto da pauta, dentre os quais foi reivindicado aumento no contingente de policiais militares e civis, considerados insuficientes pelos representantes políticos e da sociedade civil, melhoramento das instalações, compra de equipamentos como viaturas, novas tecnologia de uso em segurança pública, além da articulação da PM com a guarda municipal.  
Segundo Valéria, os casos mais recentes de violência, como ondas de assaltos, latrocínio, crimes de pistolagem e outros ocorrem com frequência em Porto Franco, Campestre, Lajeado Novo, Ribamar Fiquene, Governador Lobão, Montes Altos, Senador La Rocque, São João do Paraíso, Carolina, dentre outros. 
A deputada Valéria Macedo e o ex-prefeito Deoclides Macedo, ressaltaram que as ocorrências de homicídios, crimes contra o patrimônio, violência contra as mulheres, contra crianças, além de outros atos de violência tem crescido nos últimos tempos o que tem preocupado a parlamentar, que pediu ainda mais viaturas e a recuperação de outras que estão sucateadas, além do sistema de vídeo-monitoramento, com parceria entre a Secretaria de Segurança Publica e as prefeituras, casos que já ocorrem e foram implantados em outras regiões do Estado. Valéria demonstrou duas ações civis públicas ajuizadas pelo Ministério Público de Porto Franco pedindo a ampliação das instalações da delegacia e cadeia pública de Porto Franco.
Para combater a criminalidade não só nos municípios já citados como outros do Maranhão, na observação de Valéria Macedo, uma das saídas, também, é o uso da Guarda Municipal em trabalho conjunto com as polícias Militar e Civil. “Temos de encontrar uma solução imediata para a segurança pública, temos que buscar investimentos, pois das políticas sociais a que mais se confunde com o próprio conceito de Estado democrático de direito é a segurança pública", disse.
O ex-prefeito de Porto Franco e atual Procurador Geral do Município Deoclides Macedo informou ao Secretário de Segurança que ainda em sua gestão foi realizado concurso público para provimento de cargos efetivos de Guarda Municipal.
A Deputada Valéria Macedo disse que os municípios que tiverem guardas municipais institucionalizadas devem fazer parcerias com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, inclusive Porto Franco.
O secretário Aluísio Mendes disse que vai trabalhar na busca de soluções, para evitar a violência, atendendo a solicitação de Valéria Macedo. Todavia, afirma que o aumento do contingente só se dará a partir de novembro próximo, com os policiais civis aprovados no último concurso.
Mas ele garante que será mais fácil uma solução no mês de março, uma vez que, nesse período, serão chamados 2 mil policiais militares também aprovados no último concurso para contratação. “Faremos em breve um trabalho preventivo para redução da violência na região”, disse o secretário.
Na audiência ficaram encaminhados dois outros projetos de parcerias do Município de Porto Franco e a Secretaria de Segurança Pública. O Secretário disse que é possível atender o pedido da Prefeitura de Porto Franco no sentido de fazer a formação dos guardas municipais aprovados em concurso público para efetivação da guarda municipal de Porto Franco. O treinamento seria dado pela Academia de Polícia do Estado. A segunda proposta, um projeto de câmeras de vídeo-monitoramento em Porto Franco, vez que atualmente o Estado está com projetos em São Luís e Imperatriz, e as prefeituras de Codó, Bacabal e Santa Inês estão trabalhando a implementação em suas bases. O município de Porto Fraco passaria a ser a sexta cidade a adotar a referida tecnologia de combate a criminalidade.
A guarda municipal de Porto Franco será capacitada também para acompanhar o monitoramento. O Estado ficou com a responsabilidade de fazer o projeto, o Município de buscar recursos para implantação do mesmo.
Representantes da sociedade civil ressaltaram que a sociedade pode contribuir para a implantação do sistema de vídeo-monitoramento, que é muito caro.
Enfim, a audiência que durou mais de duas horas foi proveitosa e com reais perspectivas de realizações.   

Participaram da audiência a deputada Valéria Macedo, responsável pelo encontro, o ex-deputado e ex-prefeito Deoclides Macedo, hoje procurador –geral de Porto Franco, juntamente com o também Procurador Yub Natashe; o prefeito de Campestre, Valmir Morais (PT); o vereador e vice presidente do Clube de dirigentes Lojistas de Porto Franco, Noredim Rocha; vereadores de Campestre Amélia Aguiar e Cláudio, este último Presidente da Câmara Municipal, além de lideranças sociais e empresariais como  Dona Ivone, Joãozinho Color, Valmir Vilar, assessor da parlamentar, dentre outras autoridades.

REDENÇÃO: Polícia afirma que filho mandou matar o pai

Peter, mandante do assassinato contra o próprio pai
Na última segunda-feira (19), a Polícia Civil de Redenção no Estado do Pará, anunciou o desfecho do assassinato do empresário Isaias José de Farias (45), da loja Triângulo Matérias para Construção, ocorrido em 11 de março deste ano. O empresário foi executado à noite, quando retornava de uma pelada de futebol. Ele recebeu um tiro nas costas e 
ao cair, recebeu mais dois disparos na cabeça. Isaias morreu na hora. 

Após cinco meses de investigação, o delegado Antônio Gomes de Miranda, anunciou que quem mandou matar Isaias foi o seu próprio filho, Peter Vinicius de Farias (19). Segundo a polícia, Peter pagou R$ 30 mil para mandar matar o pai. 


O delegado Miranda afirmou que o caso foi elucidado, e que a motivação do assassinato foi ganância por dinheiro, já que a vítima era um grande empresário da região. A prisão preventiva do acusado foi decretada, mas ele fugiu. Peter já tentou revogar a prisão no Tribunal de Justiça em Belém, mas a mesma foi mantida. 

Marcos Araújo
AN 10

Jairo Madeira participa de encontro de prefeitos...

Jairo Madeira (João Lisboa), João Piquiá 
(Sítio Novo) e Ivanildo Paiva (Davinópolis)

Imperatriz – Prefeitos de mais de 30 municípios da região sudoeste do Maranhão participaram nessa sexta-feira (23) de encontro na residência do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira. O evento contou com a presença dos secretários de Estado, Luís Fernando (Sinfra); Cláudio Trinchão (Fazenda) e Hildo Rocha (Cidades), os deputados estaduais Dr. Pádua (PSD); Léo Cunha (PSC), Hélio Soares (PP) e Antônio Pereira (DEM) e o deputado federal Francisco Escórcio (PMDB-MA).

O prefeito João Piquiá (PTB), de Sítio Novo do Maranhão, considerou positivo o encontro que demonstra o “espírito municipalista” do secretário de Estado da Infraestrutura (Sinfra), Luís Fernando Silva, que desde quando assumiu a pasta trabalha em parceria com os 217 municípios do Maranhão.

“Ele (Luís Fernando) acumula experiência de ex-prefeito (São José de Ribamar) e compreende o drama dos municípios maranhenses que necessitam de apoio do governo estadual para execução de obras prioritárias à comunidade”, observou ele, que considera o secretário Luís Fernando preparado para disputar o cargo de governador do Maranhão.

Também satisfeito com o resultado do encontro, o prefeito Ivanildo Paiva (PRB), de Davinópolis, disse que “esse é um momento importante no processo político eleitoral, pois o secretário Luís Fernando demonstra ação e trabalho em todos os recantos do Maranhão, inclusive na região Tocantina”.

Ele observou que Luís Fernando, que é profundo conhecer dos municípios do Maranhão, fez um verdadeiro “raio x” do aspecto econômico do estado que alavanca grandes investimentos e desponta como o quarto estado da região Nordeste. “Nós, desde quando assumimos o mandato, percebemos que Luís Fernando tem sido um secretário presente nessa região, onde busca atender os pleitos das autoridades e da sociedade”, concluiu.

 Gil Carvalho