Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sedel), comemora, no próximo domingo, dia 1º de maio, dia do Trabalhador, um ano do lançamento do Projeto Ruas de Lazer, a partir das 8h da manhã.
Para registrar a data, será realizada mais uma etapa do Projeto, na Praça Mané Garrincha, em frente ao estádio municipal Frei Epifânio, mesmo local que foi realizada a primeira etapa, no centro da cidade.
O Projeto Ruas de Lazer, principal evento da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Sedel), após os Jogos Escolares de Imperatriz (JEIs), Já foi realizado no centro, no Conjunto Vitória, Itamar Guará, e vários outros bairros de Imperatriz. A escolha da Praça Mané Garrincha para a realização do evento que comemora o aniversário de um ano é, justamente, por se tratar do primeiro local escolhido para o lançamento do Projeto.
O “Ruas de Lazer”, desenvolvido pela atual administração da Sedel, oportuniza várias atividades esportivas como dança, aeróbica, futsal, travinha, queimada, dama, xadrez, dominó, futsal, badminton, entre outras atividades físicas. Uma equipe de professores e profissionais especializados será disponibilizada pela Secretaria Municipal de Esporte Lazer na orientação dos participantes do Projeto Ruas de Lazer deste domingo.
O projeto realizado pela Prefeitura de Imperatriz conta com o apoio do Governo do Estado, Unisulma, Sest/Senat, LIF 7 e Faculdade Pitágoras.
Ascom/Sedel


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:07

Nem só de pão...

por Holden, em 30.04.16
Artigo Senador José Serra

Estamos sofrendo a maior queda de produção jamais ocorrida no Brasil contemporâneo, ao lado do aumento exponencial do desemprego, contração da renda das famílias e cortes nas despesas sociais da União, estados e municípios. Este é o grande desafio a ser enfrentado de cara pelo futuro governo Temer. Como disse um de seus principais colaboradores, o ex-governador Moreira Franco: “O problema maior da sociedade brasileira é a economia. O segundo maior é a economia. O terceiro maior é a economia.”

Com vistas a deliberar sobre seu apoio a esse governo, o PSDB certamente enfatizará quais deveriam ser, no seu entendimento, os critérios de política econômica para o enfrentamento da crise. Mas há outros tópicos que serão abordados pelo partido.

Pensando no médio e longo prazo, uma demanda, a meu ver, se sobrepõe, é anterior e superior a todas as outras: a realização de profundas reformas nas instituições políticas do país. Ao melhorar a qualidade da política e a estabilidade da democracia, tais reformas terão impacto duradouro no desempenho da economia e nas perspectivas de desenvolvimento do país. Não se trata de fazer tudo de uma vez, nem a curtíssimo prazo. Mas o processo deve, sim, ser deflagrado o antes possível. E o apoio do chefe do Executivo poderá ser decisivo para isso.

A primeira grande reforma é a implantação do parlamentarismo, espécie de cláusula pétrea do programa do PSDB, em torno da qual convergiu o núcleo fundador do partido no final da Assembleia Nacional Constituinte.

O modelo de parlamentarismo que defendemos mantém a figura do presidente da República como chefe de Estado, representante da Nação no concerto mundial, comandante das Forças Armadas, intermediário nas relações entre os poderes Executivo e Legislativo nas mudanças de governo. A ele cabe escolher o primeiro-ministro, chefe do Executivo, desde que disponha de maioria do Congresso para aprovar seu programa de governo. Quando perde essa maioria, o primeiro-ministro se demite e seu governo cai, cabendo ao presidente compor outra maioria ou, se isso não for possível, convocar novas eleições parlamentares.

No parlamentarismo, governos são trocados sem grandes traumas quando perdem sustentação na sociedade e, consequentemente, no Legislativo. No presidencialismo, aquilo que deveria ser solução vira sinônimo de crise. O período pós-Constituinte mais do que confirmou o acerto dessa premissa: dos quatro presidentes eleitos desde então, um perdeu seu mandato num perturbador processo de impeachment e outra está em vias de perde-lo num processo ainda mais penoso.

A segunda grande reforma é no sistema eleitoral: voto distrital para o Legislativo, que poderá ser puro nas eleições de vereadores das cidades maiores e misto, conforme o modelo alemão, para deputados estaduais e federais. Esse é o caminho para aumentar a hoje baixíssima representatividade dos eleitos e baratear as caríssimas campanhas eleitorais. Pode haver algo mais irracional do que um entre milhares de candidatos a deputado disputar o voto de 32 milhões de eleitores em cerca de 645 municípios num estado como São Paulo?

Além de mais simples, barato e democrático, o sistema distrital facilita o funcionamento de um aspecto essencial do parlamentarismo, que é a possibilidade de se dissolver a Câmara e convocar-se antecipadamente eleições quando não se consegue formar um governo de maioria. Essa possibilidade, diga-se, tende a tornar os votos dos parlamentares no dia a dia do Congresso muito mais responsáveis. A aprovação de bombas fiscais, por exemplo, pode provocar a queda do governo e trazer eleições antes da hora, hipótese que desagradaria a maior parte dos deputados. Em outras palavras, a chance de dissolução da Câmara enfraquece o que eu tenho chamado de FUCE – Frente Única Contra o Erário. Esse fenômeno, tão brasileiro, tem si do uma presença constante no nosso Congresso, onde floresce desde a época da Constituinte, juntando parlamentares de todos os partidos e de todo o espectro ideológico.

A terceira grande reforma deveria focalizar a legislação partidária. Convenhamos: é muito difícil se governar um país e melhorar a qualidade da sua política com um sistema de partidos tão fragmentado e cartorial – graças à posse do tempo de propaganda gratuita na TV e aos recursos do fundo partidário. A mudança, no caso, requer a restrição às coligações eleitorais e o estabelecimento das chamadas cláusulas de barreira. Essas cláusulas implicam, em essência, que um partido só tenha assento na Câmara se eleger um número mínimo de representantes.

A agenda de reformas deve prever a implantação do parlamentarismo a partir das eleições de 2018. Até lá seria feita a transição para que o novo sistema funcione bem desde o início. Assim haverá tempo para discutir cuidadosamente e votar a emenda constitucional necessária. Aliás, já há várias emendas apresentadas, entre elas a do Senador Aloysio Nunes, que representa um bom ponto de partida para o debate. Além disso, se deverá promover de forma integral ou, quando for o caso, gradual, as reformas nos sistemas eleitoral e partidário. Mudanças complementares na organização do serviço público também terão que ser promovidas. Apenas para exemplificar, num sistema parlamentarista de gover no, os altos cargos dos ministérios devem ser ocupados por funcionários de carreira, incluindo os secretários executivos, que são, na pratica, vice-ministros.

Há quem argumente que mudanças como as propostas aqui não devem ser empreendidas em tempos de crise – crise profunda, diga-se. Eu penso exatamente o contrário. A crise atual não proveio apenas de erros na gestão da economia ou das transgressões à ética na política e no governo. Ela foi aberta, em 2013, antes dos escândalos e do colapso da economia, pelas imensas manifestações de rua em todo o Brasil, como reflexo da insatisfação com o desempenho do poder público em todos seus níveis e do fato de as pessoas não se sentirem representadas pelos mandatários eleitos. Nada mais apropriado do que encarar agora essas questões de frente, começando pelo próprio sistema político. Nem só de p&ati lde;o vive a economia.


SENADOR DA REPÚBLICA, EX-PREFEITO E EX-GOVERNADOR DE SÃO PAULO

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:03

PT quebrado

por Holden, em 29.04.16

O  TSE julgou as contas do PT referente as eleições 2010, e aprovou-as com ressalva. O Ministro Luis Fux determinou ainda o pagamento de mais de 7 milhões de reais por irregularidades.

 Na última terça-feira, o TSE também aprovou com ressalvas as contas partidárias de 2010 dos diretórios nacionais de PSDB e PMDB devido à aplicação irregular dos recursos do Fundo Partidário. Além de petistas, tucanos e peemedebistas, foram aprovadas com ressalvas as contas referentes a 2010 de PCdoB, PSB, PSDC, PV, PR e PTN. Já PRTB, PMN e PDT tiveram as contas desaprovadas.

(com Agência Brasil)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:02

A Casa do Idoso Feliz vai abrir a campanha de vacinação 2016

Hoje, a partir das 8h os usuários da Casa do Idoso Feliz vão receber aplicação das doses da vacina contra a gripe. Localizada em novo endereço (Rua Rui Barbosa em frente à Prefeitura - Centro), a Casa do Idoso vai abrir a campanha de vacinação 2016. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, este ano foram disponibilizadas para Imperatriz aproximadamente 42 mil doses da vacina.

A exemplo das campanhas anteriores serão vacinadas as pessoas mais suscetíveis à doença: idosos a partir de 60 anos, crianças de seis (6) meses a menor de dois (2) anos, gestantes, pacientes acometidos por doenças crônicas e profissionais de saúde que lidam diretamente com o paciente. “Por isso iniciaremos logo mais a aplicação das doses na casa do idoso – onde está nosso público principal. Assim, atenderemos nossos anciãos que têm dificuldade para locomoverem-se até as Unidades Básicas de Saúde”, ressalta a secretária de Saúde Conceição Madeira.

A coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Socorro Ribeiro, informa que a quantidade de vacina recebida pelo município é determinada pela estimativa populacional do público-alvo determinado em cada campanha. “Vacinando todos os grupos prioritários e havendo sobra de doses, estas serão disponibilizadas para a comunidade não pertencente aos grupos citados”, informa a coordenadora.

Conceição Madeira observa que toda a logística da campanha, a começar pelo local escolhido para lançado oficial é pensado visando expandir o acesso as doses. “Dessa forma nós reduzimos e controlamos de forma intensiva a mortalidade e morbidade das doenças preveníveis por vacinas em Imperatriz, e ampliando as coberturas vacinais cobrindo as metas preconizadas pelo Ministério da Saúde”, explica.

Após o lançamento oficial, a campanha segue nas Unidades Básicas de Saúde, onde estarão disponíveis as doses da vacina até o final o final do mês de maio. Vale ressaltar que o dia de mobilização principal conhecida como dia D será realizado neste sábado, 30 e a campanha segue até dia 20 de maio conforme calendário pré-definido pela Secretaria Municipal de Saúde.



Maria Almeida  [ASCOM

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:56

Por Célia Lima / O 4º PODER
O deputado federal Jair Messias Bolsonaro (PSC – RJ) tem sido um dos poucos políticos do cenário nacional a se destacar nas redes sociais, simultaneamente, em diversos Estados brasileiros, principalmente, no Maranhão.
Tema de duas matérias publicadas no portal O 4º PODER [Pesquisa Ibope: Bolsonaro tem 11% das intenções de voto e menor rejeição] e [Bolsonaro cai nas graças dos maranhenses e “bomba” nas redes sociais], o parlamentar e pré-candidato a presidente da república segue aguçando a curiosidade dos internautas brasileiros e dividindo opiniões. “As matérias sobre o polêmico Bolsonaro têm nos gerado um grande fluxo nos comentários e acessos locais e de todas as partes do país”, afirma Udes Filho, editor do portal. “Bolsonaro é notícia das boas, atrai defesas e ataques na internet, movimenta os comentários dos internautas […] Há quem o ame e quem o odeie, fazendo dele [Bolsonaro] matéria-prima para o bom jornalismo e webjornalismo”, disse Udes.
Texto produzido pela redação de O 4º PODER, abordando a grande repercussão do nome de Jair Bolsonaro nas redes sociais facebook e twitter, no Maranhão, foi compartilhado pelo próprio deputado, em seus perfis, causando repercussão nacional.
bolsonaroface
No facebook do parlamentar, até a meia-noite de ontem, quarta-feira (27), a matéria de O 4º PODER alcançava mais de 14 mil compartilhamentos, 83 mil curtidas e 3.367 comentários. O fato alavancou ainda mais o número de acessos do portal, promovendo a produção jornalística maranhense de O 4º PODER para todo o Brasil.
Durante a sessão desta quarta-feira (27), na Câmara Federal, ao ser acusado de terrorismo por uma universitária, o deputado afirmou nunca ter sido processado por atentados terroristas e, mostrando o celular, se referiu à matéria de O 4º PODER. Depois deste episódio do coronel Brilhante Ustra eu estou ‘bombando’ no Maranhão, matéria de hoje. Isso porque o pessoal está vendo a verdade”, disse.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:55

PT Joga a toalha...

por Holden, em 28.04.16

Ficou claro com os desânimos e mimos da esquerda que a votação do senado vai colocar um fim no fracassado mandato do PT, sob o comando da obra mal invencionada Dilma Rousseff. A tentativa de contornar o cenário para uma provável eleição também já é descartada, com isso, o PT já mantem estratégias nos bastidores para inviabilizar e imobilizar o próximo presidente do Brasil, Michel Temer. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:47

Por Caleu Coura/Veja.com

Ex-governadora do Maranhão é acusada de ter desviado verbas para enriquecimento e financiamento de campanhas eleitorais

A ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) foi denunciada pelo Ministério Público estadual por inúmeras irregularidades na construção de 64 hospitais do programa Saúde é Vida, que custaram aos cofres públicos ao menos 151 milhões de reais. Além da ex-governadora, seu cunhado e ex-secretário de Saúde Ricardo Murad e outras quinze pessoas foram denunciadas.

Segund
o a denúncia, oferecida pelo promotor Lindonjonson Gonçalves de Sousa, a ex-governadora teria cometido os crimes de dispensa ilegal de licitação, fraude a licitação, peculato, falsidade ideológica e associação criminosa.

As fraudes foram cometidas, segundo o promotor, por uma estrutura criminosa "com a finalidade de enriquecimento às custas das verbas da saúde pública, bem como financiamento de campanhas eleitorais, quais sejam, as campanhas da ex-governadora e do ex-secretário" de saúde Ricardo Murad em 2010. Na denúncia, o promotor afirma que 1,95 milhão de reais da saúde abasteceu a campanha da ex-governadora e de seu partido.

Publicidade

Em julho de 2013, a reportagem de VEJA visitou em Matões do Norte um dos hospitais do programa Saúde é Vida, que era descrito pelo governo como um "grandioso plano de investimento jamais visto na história da saúde pública do Maranhão". Na ocasião, vinte unidades hospitalares estavam praticamente prontas, mas nunca haviam recebido um paciente sequer. Era o caso do hospital de Matões do Norte, pronto desde 2011, que possuía camas e colchões novos, mas só era usado pelos vigilantes que tomavam conta do local. A unidade só foi inaugurada no início de 2014.

As empresas que construíram os hospitais foram contratadas sem licitação e sem exigência do projeto básico de construção, que só vieram a ser apresentados meses depois. Cada leito, levando em conta apenas a alvenaria da edificação - sem colchão ou equipamento -, custou aos cofres públicos mais de 118 000 reais. "É evidente o superfaturamento dos preços das obras, pois os aditivos não tiveram nenhuma justificativa, senão expandir artificialmente as despesas com as obras dos hospitais, pela forma como foi justificada e pela opção do valor linear dos aditivos para todos os contratos", afirma o promotor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:06

Assecom/ Dep. Valéria Macedo

A deputada estadual Valéria Macedo (PDT), acompanhada do prefeito de Carolina, Ubiratan Jucá (PMDB), fez um apelo, em reunião com o secretário estadual de Segurança, Jefferson Portela, ao comandante-geral da Polícia Militar, coronel Pereira e ao delegado-geral Lawrence Melo, pedindo atenção especial para o município de Carolina, porta de entrada da Chapada das Mesas, lugar turístico, muito procurado e, que ultimamente, vem enfrentando problema de insegurança.

A parlamentar e o prefeito relataram a situação de insegurança em que se encontra o município de Carolina, ocasionado pela falta de estrutura e de recursos humanos das Polícias Civil e Militar, bem como do aumento da criminalidade no município, e da superlotação da cadeia pública local. Citaram também, a manifestação pacífica que a população fez para chamar a atenção das autoridades e pedem ações efetivas do Estado para inibir a criminalidade na cidade.

Na ocasião, Valéria Macedo reforçou o pedido do Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), solicitando a implantação de uma Companhia Independente da Policia Militar em Carolina, e relatando os inúmeros prejuízos econômicos que o setor turístico da cidade vem enfrentando em decorrência do aumento da criminalidade.

O secretário informou que vai agilizar a transferência de presos para os municípios de Balsas e Porto Franco, que possuem estrutura para receberem os presos ainda não condenados, e prometeu ações efetivas de policiamento para coibir o avanço da criminalidade, a curto e médio prazo.

A deputada Valéria Macedo comprometeu - se com o prefeito Ubiratan Jucá de ficar vigilante na efetivação das ações prometidas pelo Governo do Estado, e levará o assunto para debate na Assembleia Legislativa.

CORPO DE BOMBEIRO

Durante a reunião, o comandante geral do Corpo de Bombeiros do Maranhão, Coronel Célio Roberto, informou que o Aeroporto Brigadeiro Lysias Augusto Rodrigues, em Carolina, já possui viatura do corpo de bombeiro e a cidade também conta com uma viatura para atender a população.

“Estamos todos muito felizes com mais essa conquista. Após vários pedidos e reuniões junto ao governo, mais uma vez fomos atendidos. A população de Carolina merece”, disse Valéria Macedo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:33


A prefeitura de Buritirana através da secretaria de agricultura realiza todos os domingos ao lado dos produtores rurais a feira do agricultor, e ontem (24) foi realizado o sorteio de um ventilador doado pela loja Constrular de Amarante Prefeito Vagtonio Brandão não esteve presente por estar visitando Povoados. 

Ele disse que em breve terá novidades em relação a feira. Estiveram presente: secretário de agricultura Manoel Bala e o Sr. João do Severino do povoado Centro Novo. O cliente sortudo foi Luis Paulo oliveira, morador de Buritirana-Ma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:29

Várias forças politicas e de movimentos sociais da cidade de Estreito-MA, estão consolidados ao projeto de eleição da oposição e a eleição do pré-candidato a vereador Manoelzinho do Didico, uma das grandes lideranças politicas local. Ex-candidato a vice-prefeito na eleição 2012, Manoelzinho já é considerado um dos nomes mais fortes para ocupar uma das cadeiras no legislativo municipal. 

Sua vasta experiencia politica e militância juntos às áreas e produtores rurais são destaques e podem ajudar na consolidação de uma forte representatividade desses movimento que acreditam num projeto eleitoral mais identificado com os anseios sociais dessa região.

Veja o histórico do pré-candidato a vereador Manoelzinho do Didico

Manoel Gomes Pereira, mais conhecido como Manoelzinho do Didico é o primeiro filho dos produtores rurais Raimundo Gomes Pereira e Júlia Gomes Pereira. Na Fazenda São Francisco, onde nasceu desde cedo se integrou aos movimentos em prol do desenvolvimento do município e da melhoria de vida dos menos favorecidos.

Na década de 1980 participou ativamente da mobilização prol-criação do município de Estreito, com o desmembramento da area territorial de Carolina. Na zona rural foi um dos articuladores dos moradores para votação no plebiscito que resultou na criação de Estreito.

Em 1988, aos 31 anos, casou com Orcilene Teles Paixão, com quem tem 4 filhos. Nos anos seguintes mudou-se ao lado da família para Estreito onde continuou seu trabalho pelos moradores da zona rural que o procuram para resolverem suas demandas na cidade.

Com a vasta experiência na área comecial, na segunda metade dos anos 2000 foi Presidente do Conselho Fiscal da Camara de Dirigentes Logístico (CDL) de Estreito.

Manoelzinho do Didico, com sua capacidade de atuação e mobilização junto a população Estreitense, desde o início da criação de Estreito, encabeçou importantes campanhas políticas para o pleito Municipal.

Liderança nata, em 2012 lançou seu nome como vice-prefeito de Estreito, na chapa de oposição. Atualmente continua seu trabalho de articulador político e sua luta pra melhoria na qualidade de vida dos menos favorecidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:10





Sem dinheiro, Estados cortam 47% dos investimentos no primeiro bimestre
O resultado da paralisia dos Estados é um amontoado de obras interrompidas em todo o Brasil, sem previsão para serem concluídas; Rio de Janeiro foi o que mais reduziu gastos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:24

“No final de quatro anos, teremos uma realidade diferente no Maranhão. Não há um dia em que não haja ações significativas do governo Flávio Dino em prol da população do estado”, disse o Márcio Jerry.

Obras para melhorar a trafegabilidade na MA-006 e investimentos em Segurança Pública foram alguns dos anúncios, recebidos pela população de Grajaú nesta sexta-feira (22). Representando o Governo do Maranhão, os secretários de Estado Clayton Noleto (Infraestrutura), Márcio Jerry (Comunicação e Assuntos Políticos) e Jefferson Portela (Segurança Pública) estiveram no município anunciando os benefícios.

Serão feitas obras de recuperação em mais de 120 km na MA-006, no trecho que vai até Arame, e mais 6 km no trecho urbano, beneficiando, além das propriedades rurais, cerca de 30 assentamentos. A obra teve início após a solenidade, com previsão de entrega em 120 dias.

A população comemorou o anúncio das obras e os investimentos para melhorar a segurança no local. “Com essa obra e com os investimentos para a segurança os assaltos serão evitados na estrada e também vamos diminuir os gastos com a manutenção dos veículos”, disse o pedreiro Cleber Pereira. De acordo com ele, atualmente, são gastas mais de duas horas e meia para fazer o trajeto de Grajaú a Amarante por causa das condições da rodovia.


Há aproximadamente 30 anos, a via não recebia a intervenção do Estado. “Recebemos a malha viária de todo o estado sem classificação e sem planejamento. Recebemos rodovias que há décadas não recebiam uma máquina, como essa de Arame a Grajaú. E isso nos dá motivação para dar respostas à população, e, por isso, estamos aqui para lançar essa obra que vai dar condições de trafegabilidade para os moradores”, acrescentou Clayton Noleto.

Para o secretário de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, as iniciativas demonstram o compromisso do governo com a população do Maranhão. “No final de quatro anos, teremos uma realidade diferente no Maranhão. Não há um dia em que não haja ações significativas do governo Flávio Dino em prol da população do estado”, finalizou.

Já em relação à segurança, segundo o trabalhador rural Edilson Silva, os investimentos em segurança vieram em boa hora, já que atualmente o município possui cerca de 80 mil pessoas, precisando de intensificação no patrulhamento. “É importante porque vai fazer com que a polícia percorra um número maior de bairros da cidade, melhorando nossa segurança”, afirmou.

Para Jefferson Portella, tanto o melhoramento da rodovia, quanto a entrega da viatura, somam para melhorar a segurança em Grajaú. “Vias sem buracos é questão de segurança também. Todas as questões sociais estão relacionadas à segurança porque a polícia tem que trabalhar em um ambiente harmonioso. Por isso, estamos remodelando o Sistema de Segurança do Estado”, avaliou o secretário ao destacar que o número de viaturas disponível para o município será incrementado.

Antônio Carlos, secretário de agricultura de Grajaú, representou a prefeitura no lançamento e falou da felicidade em receber o início da obra. “Nos sentimos honrados com a marca do governador Flávio Dino aqui. Ele está realizando um grande sonho de Grajaú e Arame, que é o melhoramento da MA-006”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33


Esse conjunto de intervenções resulta na melhoria da mobilidade urbana dos bairros em Imperatriz
Os serviços de limpeza e desobstrução de drenagem pluvial da rua Euclides da Cunha, no grande Vila Nova, estão sendo realizados desde a semana passada pela Prefeitura de Imperatriz, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra).
O trabalho, acompanhado por técnicos e o secretário Roberto Alencar (Sinfra), tem o objetivo de evitar alagamentos das vias públicas que também serão contemplados com os serviços da “Operação Tapa-buracos”.
Foram mobilizadas equipes da Sinfra que utilizaram máquinas retroescavadeiras que auxiliaram no trabalho de desobstrução do canal de drenagem e dos bueiros na rua Euclides da Cunha, no bairro Vila Nova.
O secretário Roberto Alencar garantiu à reportagem que “o município não tem medido esforços no sentido de recuperar a malha viária dos bairros, distribuindo equipes que atuam nos turnos da manhã, tarde e noite”.
A expectativa do município é que os serviços do programa “Mais Asfalto” (segunda etapa) sejam iniciados pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Imperatriz, até meados desse mês de maio. A meta é pavimentar ainda neste semestre a Avenida Itaipu que interliga os bairros Vila Fiquene, Parque Airton Senna e Parque Santa Lúcia.
Recuperação de rua interligará o Sanharol a Vila Nova
Também está sendo realizado pela Prefeitura de Imperatriz o piçarramento da rua Catulo da Paixão Cearense, no trecho da Avenida Prudente de Moraes, no Sanharol, e a Avenida São Sebastião, no bairro Vila Nova.
A vendedora Lucielma de Jesus Abreu, 21 anos, comemorou a iniciativa do município que autorizou a revitalização da rua que durante 30 anos estava abandonada. “É um trabalho louvável que facilitará o acesso da população, principalmente quem utiliza bicicleta, motocicleta e veículos”, observa.
Para viabilizar a interligação, o município está colocando bueiros para garantir o fluxo normal de veículos, inclusive durante o período invernoso elevando um trecho da via que é alagado e que impedia o tráfego de automóveis.
Gil Carvalho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:19


JP/John Cutrin
O senador João Alberto disse em entrevista ao programa Ponto e Vírgula (Difusora e Difusora Sul FM) que desconhecia a atual posição do delegado Assis Ramos, pré-candidato do PMDB a prefeito de Imperatriz, de apoiar o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O senador afirmou na mesma entrevista que o PMDB do Maranhão tem uma ala só: de defesa do mandato da petista.

O delegado Assis Ramos declarou, antes, ao programa da Difusora: “com o impedimento de Dilma, certamente nossa pré-candidatura e candidatura (sic) deve ganhar uma musculatura bem robusta”.

Ao blog do Antônio Marcos, o delegado foi mais além e fulminou: “É preciso ter personalidade para assumir e tornar público nossa opinião, meio a um momento tão delicado que vive nosso país, onde tudo é imprevisível”.

Quem vai retroceder no seu posicionamento, o senador João Alberto ou o delegado Assis?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:26


livro “Psicose” de Robert Block é a atualleitura do clube

Escolhido como leitura do mês do Clube do Livro de Imperatriz, o livro “Psicose” de Robert Block será debatido neste domingo (24). Como parte da reunião o clube,em parceria com o Espaço Cultura, exibirá a adaptação cinematográfica da obra, que se tornou um clássico pelas mãos do diretor Alfred Hitchcock.

A exibição do filme iniciará às 14h na sala de cinema do Timbira Shopping, onde será cobrada uma taxa de R$3. A reunião será aberta ao público e a organização convida os amantes da literatura a participar do debate e se tornar um integrante. “O clube é uma ótima oportunidade para conhecer pessoas que também se interessam pela leitura e trocar experiências”, ressalta Igor Miranda, fundador do clube.

Clube do Livro- O Clube do Livro de Imperatriz foi criado em outubro de 2014 com o objetivo de reunir leitores da cidade e incentivar a leitura. Deste então todo mês os membros se reúnem para debater uma obra literária. Entre os livros já lidos pelo clube destacam-se: Morro dos Ventos Uivantes, Orgulho e Preconceito, O diário de Ane Frank, O Grande Gatsby, entre outros.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:53

Pág. 1/5





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D