Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]






Desde que o WhatsApp foi vendido para o Facebook, vários aplicativos de mensagens vieram na cola tentando pegar o público desconfiado. Agora, brasileiros criaram o “ZapZap”, um cliente em português do Telegram, app que passou a ganhar popularidade pelo foco em privacidade e criptografia.

A maioria da população sabe de onde vem o nome “ZapZap”: da abreviação do nome “WhatsApp”, muito usada na linguagem popular. O aplicativo é uma tentativa óbvia de atrair o público rival e até mesmo sua interface é visivelmente inspirada no concorrente famoso.

A empresa por trás do aplicativo, chamada Private Host, segundo o Google Play se aproveita do código aberto do Telegram, que já tem uma interface semelhante à do WhatsApp. Assim, ela pode modificá-lo para adequar-se ao Brasil.

Como cliente do Telegram, ele também conta com as funções que diferenciam o aplicativo do WhatsApp, como o envio de mensagens secretas que se autodestroem (ao estilo Snapchat), envio de arquivos sem limite de tamanho, entre outros. O maior diferencial, no entanto, é a possibilidade de usar o serviço pelo PC.

Há, porém, uma desvantagem muito grande do ZapZap em relação ao seu “pai” Telegram. Enquanto o último se vangloria de ser gratuito eternamente e sem publicidade, o primeiro as utiliza livremente na versão web do aplicativo.

Por enquanto, o ZapZap está disponível apenas para Android, mas o site diz que a versão para iOS chega “em breve”. Para conferir no Google Play, clique aqui.


Fonte: Olhar digital

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


Quem tem visto já há algum tempo as programações divulgadasna internet ou na própria TV, no programa da Luciana Gimenez, da rede TV,percebe que existe um certo desejo de trazer debates entre religiões, heresias,ceitas e ou macumbeiros, digamos assim.

Quando Luciana caiu no cenário no ultimo programa, onde eraprotagonizado um intenso debate entre macumbeiros e pastores, percebe-se que,ao longo do vídeo abaixo, mais precisamente entre 2 minutos e 20 segundos, é possívelidentificar um semblante diferente do normal na apresentadora. Segundo amanifestação da pastora que falava no momento, é possível ver discretamente queela pede para um pastor ir até a apresentadora e socorrê-la, logo depois queela cai com a suposta possessão (sic).

A apresentadora Luciana Gimenez sofreu um mal estar durante o programa Superpop, transmitido ao vivo pela RedeTV!, nesta segunda-feira, 26 de maio. A atração debatia questões ligadas às religiões, e no meio de uma discussão, Luciana teria sido possuída por um espírito maligno, segundo os telespectadores narraram nas redes sociais.

Um internauta que estava na platéia do programa comentou uma publicação da apresentadora, que atribuiu o episódio a uma forte gripe, dizendo que Luciana “caiu da cadeira na hora que a pastora tava falando [...] e ficou estribuchando no chão [...] se debatendo e falando com uma voz bem grave”. O mesmo internauta disse ainda que a apresentadora foi socorrida pela equipe médica que estava à postos, mas não houve resultado: “Foi tenso! Veio dois médicos em cima dela mas não conseguiram resolver! Daí aquele pastor que falou bastante veio, colocou a mão na cabeça dela, e ela voltou”, relatou o rapaz.

A transmissão do programa foi interrompida imediatamente após a convidada Viviane Ronaldinha notar que havia algo de errado com Luciana Gimenez e pedir socorro. Um vídeo que mostra o momento em que a apresentadora está sendo atendida foi publicado no YouTube.

Assista o vídeo da hora da queda:





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Muito vampiro e pouco bolo...

por Holden, em 28.05.14
O aniversário do vereador Esmeradhson de Pinho (PSDB), foi um doseventos mais prestigiados do ultimo final de semana. Lá, estiveram o DeputadoFederal Davi Jr (PR e sem lado), que apoio Carlinhos Amorim na ultima eleição, o Deputado AntônioPereira (DEM e quase sem lado), que financiou a campanha da principal concorrente de Madeira, e até acompanheira Rosângela Curado (PDT, claramente contra Madeira), que é candidata a prefeita, assim como oaniversariante.
foto Kelly/ junto e misturado

Apesar de ter sido convidada para a festa do PSDB, no ultimodia 22, onde marcou a entrada do tucanato na eleição em apoio a Flávio Dino,Rosângela não foi, mas aceitou o convite de Esmeradhson, que compartilha domesmo desejo politico.

Curado teria sido convidada pelo prefeito, que não écandidato.

Com todas as mensagens que o evento deixou, também mostrouque o passado pode mesmo ter ficado para trás, digo no caso especifico doencontro entre governo e oposição, quer dizer, Antônio Pereira e Curado, que atépousaram para as fotos.
os mesmos interesses...

Entre as idas e vindas, encontros e desencontros,  e os cenários políticos demonstrados poraliados e alinhados, tão pouco uns poucos tem se preocupado em deixar evidente quenão existe uma tentativa de transferir o morcego do Estado, que perderá espaço,eventualmente, para uma instancia menor, no entanto, é importante observar eprocurar entender o que estaria passando para alguns, que,pouco se importam com o preço a ser pago pelas alianças de outrora.

Feliz Aniversário Esmeradhson!



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:54

 Na quinta-feira, Valéria participou do encontro do PSDB de Imperatriz, organizado pelo prefeito Sebastião Madeira para declarar oficialmente apoio ao pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). 
Na oportunidade, mais uma vez Valéria levantou uma lista de prioridades para o novo governo com enfoque maior para as áreas da segurança pública e da Saúde. O discurso da deputada sul-maranhense foi bastante aplaudido, principalmente pelas mulheres, a grande maioria dos presentes ao evento tucano.
No último domingo, Valéria, juntamente com seu irmão, o ex-prefeito Deoclides Macedo, estiveram no interior de Sítio Novo onde participaram de uma missa e almoço tradicional na Fazenda Buriti Redondo, da senhora Domingas Moraes,viúva do conhecido Zé Mundoca.

A missa, que acontece todos os anos, reúne várias famílias da região da torre, MA-280, próximo ao posto Santana.

Ao ser chamada para falar, Valéria fez um resumo de suas atividades e pleitos para região, tais como a recuperação da Rodovia MA-280, atendimento do programa Luz para todos que estão sendo prometidos ainda este ano para região, a luta pela melhoria no tratamento a pacientes de câncer com a instalação do UNACON em Imperatriz, além de citar que este ano uma das suas emendas parlamentares foi destinada ao município de Sítio Novo para área da saúde no município a ser aplicada na melhoria das instalações do prédio do hospital e na compra de de novos equipamentos hospitalares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31

Tarifa defasada e alto custo operacional podem dificultar apossibilidade de acordos nas reivindicações dos trabalhadores

Os funcionários das empresas de transporte coletivos de Imperatriz reivindicam reajuste salarial em torno de 16% (dezesseis por cento) às empresas de transporte de Imperatriz, mas que atinge principalmente a empresa Viação Branca do Leste, que detém cerca de 75% das linhas, portanto, a maioria dos trabalhadores no transporte.

A reivindicação foi aprovada em Assembléia extraordinária realizada ainda no mês de Abril, e foi solicitada também, a inclusão no acordo coletivo de trabalho ticket de alimentação, previsto no acordo vigente, onde a empresa e a diretoria ainda tentam uma negociação para iniciar o pagamento.

A direção do sindicato, representado pelo presidente Oliveira da Silva, solicitou uma reunião a ser realizada ‘o mais breve possível’, com diretoria da VBL, para tratar dos termos expostos na convenção.

Segundo o diretor da empresa VBL (Viação Branca do Leste), Denis Policarpo, as reivindicações dos trabalhadores possui grande legitimidade, “mas a empresa não teria condições de cumprir nenhum acordo, visto que o ultimo reajuste de tarifa teria sido em 2008”, frisou. Para Denis, os veículos que praticam o serviço de lotação e os clandestinos, os custos operacionais como; combustível, pneus e manutenção; que tiveram aumentos significativos tem afetado a gestão financeira da empresa, portanto, “tornando qualquer negociação salarial inviável, pelo menos no momento”, finalizou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03

Silvio Santos autoriza que Rachel Sheherazade voltar a fazer comentários no "SBT Brasil". Porém, com uma dosagemmais leve, sem os fortes adjetivos que a tornaram polêmica ao ponto de ser contratada por Silvio Santos, mas pede pra manter o mesmo caráter e desempenho nas colocações.

Vetada de dar opinião no "SBT Brasil" há um mês e meio, Rachel Sheherazade está autorizada pela direção da emissora a fazer comentários na bancada do telejornal a partir desta segunda-feira (26).

Apologia ao crime
Rachel ganhou notoriedade justamente por seus comentários e suas opiniões na televisão. Atualmente, ela está sendo investigada por apologia ao crime após denúncia feita pela deputada federal Jandira Feghali, do PCdoB, depois do comentário da jornalista "adote um bandido". Caso o SBT e a jornalista sejam condenados, a emissora pode perder o repasse de verba da união que vem da publicidade pública.Incompreensão


Rachel Sheherazade participou no último domingo (18) do programa "Eliana", e falou que foi incompreendida muitas vezes, já que tem apenas 40 segundos para expor o que pensa: “É muito difícil ter profundidade em um curto espaço de tempo, acho que por isso fui mal compreendida". E também disse que não tem problema em voltar atrás nas suas convicções: "Por exemplo, eu já fui a favor do programa ‘Mais Médicos’, mas hoje eu não defendo, porque não foi do jeito que foi divulgado pelo governo”.

Ainda na atração, a jornalista deu sua opinião sobre o jornalista Ricardo Boechat, da Band, e afirmou que aceitaria ele como colega, mas não amigo. Além disso, a âncora do "SBT Brasil" disse que ele foi infeliz nas críticas que fez a ela:

"Olha, eu acho o Boechat um tremendo jornalista. Eu sempre ouço o Boechat na rádio, admiro como profissional. Acho que ele foi infeliz, ele escorrega algumas vezes. Eu não sou fascista, ele sabe o que quer dizer ser fascista, e eu não sou isso, eu sou liberal, ele foi infeliz. Eu não sei o que ele pensa de mim, mas gostaria de conversartete a tete com ele, ter uma conversa cara a cara. Quem sabe ele não muda a opinião dele sobre mim", disse.

VEJA MAIS:
.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:33


A meta é garantir a permanência de médicos estrangeiros, lotados no Programa Saúde da Família (PSF), em Imperatriz.

Com objetivo de assegurar a permanência de médicos estrangeiros vinculados ao Programa “Mais Médicos”, lotados no Programa Saúde da Família (PSF), o município de Imperatriz, fornecerá um “Auxílio Alimentação” corresponde ao valor de R$ 1.000,00 (mil reais) aos profissionais. O Projeto de Lei nº 003/14, de autoria do Poder Executivo, começou a tramitar nas comissões permanentes da Câmara de Vereadores.

De acordo com o Projeto de Lei, encaminhado pelo prefeito Sebastião Madeira, o valor de R$ 1.000,00 será pago mensalmente a cada um dos médicos estrangeiros, e não terá natureza salarial.

Além disso, o município de Imperatriz fica autorizado a conceder “Bolsa Residência” no valor de R$ 2.800,00 (dois mil e oitocentos reais) para médicos devidamente escolhidos em processo de seleção pelo Programa “Mais Médicos”.

“Serão ofertadas oito vagas para os dois primeiros anos, a partir da divulgação do resultado do processo de seleção”, assinala o Projeto de Lei que define que “o cargo de diretor-geral do Hospital Municipal de Imperatriz (HMI) será privativo de profissional da saúde”. “O exercício regular do cargo fica contemplado, inclusive para fins de jornada de trabalho, com a execução de tarefas de direção e coordenação”.

No artigo 4º, do Projeto de Lei, também ficam criados os seguintes cargos: coordenador Hospitalar nível I, II e III; diretor-administrativo hospitalar; coordenador de Saúde I, II, III e IV e ainda o de coordenador do setor Médico, no âmbito da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

Os custos para garantir a execução da lei ficam à conta de dotação orçamentária própria, bem como,ainda, de recursos federais do Sistema Único de Saúde (SUS) destinados à saúde pública municipal. [Gil Carvalho – Ascom]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

A prefeitura Municipal da cidade do Estreito realizou processos licitatórios para a contratação de uma verdadeira frota de veículos, que deve ficar a disposição do município em seus mais diversos departamentos, no entanto, também realizou um processo para compra de pneus que chegam a quase 1 milhão de reais.

O prefeito Cicin (PMDB), é um dos principais aliados do governo na região, e talvez um dos poucos municípios que vem sendo agraciados com os recursos do Estado e com o apoio de figuras como Hildo Rocha, que é pré-candidato a Deputado Federal e ex-secretário das cidades do governo Roseana, do seu maior apoiador, o Senador João Alberto, e também do Deputado Estadual Leo Cunha.
 Tanque cheio – Impressionante a necessidade que o município de Estreito tem de transportes para o serviço público. Só com aquisição de combustíveis, lubrificantes e derivados a Prefeitura está gastando R$ 3.444.480,00 (três milhões, quatrocentos e quarenta e quatro mil, quatrocentos e oitenta reais). Quem vai fornecer o produto é o Posto de Combustíveis Caiçara Ltda – ME, que venceu o pregão presencial e assinou o documento em 2 de janeiro deste ano.


Super-frota – E para quem tem tanto para gastar com combustíveis, imagina-se logo o tamanho da frota. Pois bem: a mesma Prefeitura de Estreito precisou de dois contratos de locação de veículos para suas necessidades. O primeiro foi firmado com a Serra Grande Construções Ltda – ME, é de R$ 4.479.671,54 (quatro milhões, quatrocentos e setenta e nove mil, seiscentos e setenta e um reais e cinquenta e quatro centavos). O segundo, no valor de R$ 6.078.500,00 (seis milhões, setenta e oito mil e quinhentos reais), foi assinado com a CDF Empreendimentos Ltda-ME. Tudo por pregão presencial. Prestemos atenção: são mais de R$ 10 milhões gastos com aluguel de veículos!


… e os pneus – Mas não é só. Além de combustíveis e carros alugados, a Prefeitura de Estreito também está investindo na compra de pneus e câmaras de ar. O contrato firmado com a A. Lucena Barros Neto Pneus – ME, por pregão presencial, é de R$ 671.530,00 (seiscentos e setenta e um mil, quinhentos e três reais). A pergunta que não quer calar: Essa super-frota de carros alugados (que está saindo por mais de R$ 10 milhões) é toda de carros sem pneus?

Com informações do Blog do Garrone/JP e contribuição, na introdução, do terrorista cibernético Holden Arruda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:16


A prefeitura de João Lisboa, através da Secretaria de Obras, concluiumais uma etapa de urbanização e asfaltamento das ruas do centro da cidade, umprocesso de recuperação que iniciou desde o 1° dia do inicio do atual governo,e vem cumprindo uma agenda de infraestrutura que beneficiará uma parcelasignificativa da cidade e também inclui povoados em toda a zona rural do município.

Os recursos são provenientes de convênios com o governo do Estado e complementosdo tesouro municipal, e devem contemplar nessa primeira etapa as ruas quenecessitam de serviços considerados de maior urgência, como o da Rua Bom Jesus,no bairro bananinha, que está em fase de conclusão, e que receberá ainda os serviços de sarjeta e meio fio. Outras vias urbanas que necessitam de recuperação asfaltica e drenagem também serão beneficiadas;" O objetivo é aproveitar esse periodo que as chuvas sessam e viabilizar a execução de uma grande quantidade de serviços, que no periodo invernoso fica impossível de ser realizado", ressaltou o secretário Junior Madeira.


Para o prefeito Jairo Madeira, estas obras de recuperação de vias que estão sendo feitas na cidade vem contemplar uma parcela significativa da sociedade joãolisboense, que deixam de conviver com a lama e a poeira e passam a ter mais qualidade de vida e mais ruas que facilitam a circulação e o acesso as ruas residências, através das obras realizadas pela prefeitura, completou.


foto: jorge smith/informações: da assessoria

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

O Deputado Federal Pastor Eurico (PSB), que ficou conhecido no Brasil inteiro por ter 'ofendido XUXA’, a rainha dos baixinhos, não só trouxe a tona um caso que há muito tempo está sob judice e proibido de qualquer divulgação dos vídeos que reproduzem o filme “Amor estranho”, onde a rainha dos baixinhos mantém relações com uma criança de 12 anos, mas também despertou o interesse de boa parte da sociedade em saber do que realmente se trata de toda essa polemica. Xuxa, que agora tira onda de madrinha das crianças abusadas sexualmente (que é uma boa bandeira) e foi convidada pela presidente Dilma Rousseff para participar do ato de assinatura da lei que torna em crime hediondo o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.
A Meneguel, também, para que a vergonha nacional não passasse sem uma resposta, já que nas audiências somente os parlamentares tem direito de se pronunciar, deixou sua marca ao fazer um coraçãozinho com a mão, por inocência ou proposital, o mesmo símbolo que representa a marca da pedofilia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:30

Por Reinaldo Azevedo
Ai, que preguiça!, disse Macunaíma ao vir à luz. Eu sou uma pessoa dada a certos formalismos e acredito na informação que os institutos de pesquisa prestam ao TSE. O Ibope informou ao tribunal que começara a fazer uma pesquisa para a eleição presidencial no dia 15, registrada no dia 17, com o encerramento do campo no dia 22 — e o dia 22, salvo melhor juízo, é hoje. Ocorre que o resultado já foi divulgado, o que faz supor que o campo, então, terminou antes. Quando?
Ibope registro
O resultado é este que vocês veem — reproduzo um gráfico publicado na Folha Online.
Pesquisa Ibope
Os questionários foram aplicados enquanto estava no ar a propaganda política terrorista do PT — que foi tirada do ar pelo próprio TSE. Convenham: não é exatamente o melhor momento para fazer uma pesquisa. A anterior do instituto incorreu no mesmo vício.
Boataria

O Ibope está em campo desde o dia 15, segundo informação oficial, mas a boataria corre solta desde o dia 18 — na verdade, começou a circular no mercado financeiro no dia 17: Dilma teria subido; Aécio teria caído ou ficado igual. Vamos ver.
Comparado o Ibope consigo mesmo, todo mundo subiu — e, proporcionalmente, os dois candidatos de oposição cresceram mais. Ocorre que não é assim que são as coisas. A referência das pessoas que acompanham esse assunto é a pesquisa anterior do Datafolha, do começo deste mês. Aécio e Campos aparecem nos dois institutos com o mesmo índice: 20% e 11%. Dilma, no entanto, aparece no Ibope com três pontos percentuais a mais do que no Datafolha: 40% a 37%.
Imediatamente, plasma-se uma espécie de “verdade”: a oposição teria parado de crescer, e Dilma, começado a subir. Especialistas dizem o óbvio: não se comparam pesquisas de institutos diferentes. Ocorre que a média das pessoas, como se sabe, não é formada de especialistas.
Há certa suspeição a cercar institutos de pesquisa. O Ibope, por exemplo, trabalha para o governo federal — fez um contrato para pesquisas quantitativas, cujo conteúdo é considerado “sigiloso”. Isso, por si, matematicamente falando, não macula a sua isenção. Ocorre que é bom não misturar carne com leite nessas coisas, não é?
Quanto mais transparentes forem as práticas, melhor para quase todo mundo. Fazer pesquisa enquanto está no ar o horário político de um partido não concorre para essa transparência. Fazer o campo em período diferente do informado também não.
Não estou entre aqueles que querem proibir divulgação de pesquisas. Acho isso obscurantista. Mas acho também que a gente precisa debater que instituto faz o quê. Acho um excesso de licenciosidade prestar serviços de “inteligência” ao governo e depois fazer pesquisas eleitorais cujos resultados são de interesse desse mesmo governo.
“Você está insinuando que o Ibope manipulou os dados?” Eu nunca insinuo nada. Eu só afirmo. E eu afirmo que o que vai acima não caracteriza uma boa prática — nem técnica nem política.
Por Reinaldo Azevedo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

IMG-20140522-WA0039
Com informações do blog Marrapá
Desperdício de recursos públicos e um enorme campo aberto sem qualquer estrutura que possa lembrar que ali deveria estar sendo construída uma refinaria. Essa é a situação da tão alardeada Premium I, localizada em Bacabeira (MA). Após visita de parlamentares à refinaria nesta quinta-feira (22), ficou constatado que foi um escândalo e o maior golpe político da história do Maranhão. Diante da lamentável situação, o deputado federal Simplício Araújo (Solidariedade/MA), que comandou a visita de hoje, entrará com requerimento para que a CPMI da Petrobras investigue o caso.
Na visão de Simplício, não há nada que justifique tanto desperdício de dinheiro público. “Foi o maior estelionato eleitoral do Brasil. Mais de R$ 1 bilhão gasto neste terreno”, reprovou. “Não existe justificativa para isso. Como membro da CPMI da Petrobras, vou fazer um requerimento na primeira reunião para que esse caso também seja objeto de investigação”, reiterou.
Com capacidade de produzir 600 mil barris/dia, a refinaria empregaria 80 mil pessoas no ápice das obras – segundo promessas de campanha de Dilma Rousseff e Roseana Sarney – e deveria estar em pleno funcionamento em 2016. Quatro anos depois, o que se vê é a paralisação da obra, que somente em terraplanagem, consumiu R$ 583 milhões, além de mais R$ 1 bilhão em projetos, treinamentos, transporte, estudos ambientais. Todo o montante foi pago pela Petrobras.
Segundo o deputado, a população do município e diversos empreendedores também se mobilizaram para cobrar explicações a respeito da paralisação do empreendimento, uma das principais promessas de campanha da governadora Roseana Sarney em 2010. “São famílias que estão em dificuldades financeira, fazendo empréstimo, o que é ruim para a comunidade”, disse.
IMG-20140522-WA0022
Deputado Federal vai entregar relatório a CPI
da PETROBRÁS 
Simplício disse ainda que, durante a visita, houve mobilização de técnicos. Para ele, por mais que os técnicos busquem explicar e tirar dúvidas, fica complicado entender como que um empreendimento como esse tem possibilidade de continuar seguindo. “Infelizmente essa obra não tem viabilidade técnica alguma. Foi feita sem planejamento, o que resultou nesse lamentável episódio”, afirmou.
Presente em Bacabeira, o diretor de Abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, afirmou que a refinaria estaria pronta em 2018. Simplício considera improvável que esteja pronta. “Queria muito que beneficiasse o povo maranhense, mas, pelo o que vi, acredito que o prazo não será cumprido e que a obra não vai sair do papel.”
Simplício disse ainda que a própria presidente da Petrobras, Graça Foster, em audiência na Câmara Federal em maio, admitiu que o empreendimento foi um erro. “Hoje podemos constatar que foi um engodo eleitoral, um estelionato eleitoral aplicado ao Maranhão. Isso não pode continuar sendo usado como moeda de troca. Não podem continuar enganando a população maranhense”, ressaltou.
IMG-20140522-WA0037
Da mesma forma que o ministro da Fazenda, Guido Mantega, deixou o parlamentar maranhense sem resposta ao ser questionado sobre a refinaria, hoje, o diretor de Abastecimento da Petrobras também não respondeu aos questionamentos. “Ele enrolou, disse que o projeto não está parado, mas o que vemos é o contrário. Ele disse ainda que estão avançando na refinaria. Mas até hoje só existe terraplanagem e, ainda por cima, mal feita.”
Além de Simplício, estiveram presentes o deputado federal Domingos Dutra (SD) e os deputados estaduais Marcelo Tavares (PSB), Eliziane Gama (PPS), Bira do Pindaré (PSB) e Roberto Costa (PMDB).
->Um relatório de fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU), de abril do ano passado, apontou indícios graves de irregularidade na terraplanagem — a única obra que teve início, mas que foi paralisada sem ser concluída, conforme relatório do tribunal. De acordo com os fiscais do TCU, somente em 1º de novembro de 2010 — oito meses depois da festa com Lula e companhia — e já com a terraplanagem em andamento, é que foi assinado um contrato para elaboração do projeto básico da refinaria.
-> Durante debate na Câmara Federal, Simplício perguntou ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, se o Conselho da estatal tomava decisões com embasamentos técnicos ou políticos. Perguntou ainda o que o ministro tem a dizer à população do Maranhão, que está endividada com os bancos públicos. Mas, o parlamentar maranhense ficou sem resposta.
-> A refinaria foi anunciada com pompa em 2010 pelo então presidente Lula, pela então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, pela governadora Roseana Sarney, pelo senador José Sarney (PMDB-AP), e pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, mas, até o momento, a obra não saiu do papel.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:23

Blog da Kelly

Em contato com o blog, o ex-prefeito de Porto Franco e pré-candidato a deputado Federal, Deoclides Macedo(PDT), refutou a declaração do ex-governador João Castelo, publicada ontem, com o titulo: "João Castelo conta com o apoio de Deoclides Macedo", onde, como o proprio titulo sugere, João Castelo afirma ter o apoio de Deoclides, no caso de uma eventual candidatura sua ao Senado. Em nota, Deoclides Macedo respondeu a declaração dizendo dispor de total apreço e admiração pelo ex-governador João Castelo, e justamente por isso foi até ao areporto de Imperatriz, junto com o prefeito Sebastião Madeira e outras lideranças para recepciona-lo, mas deixou claro que não tem a intenção de reabrir um debate com relação a candidatura ao senado, que ele considera como um assunto resolvido.

Ao final da nota, enviada por rede social, Deoclides Macedo completa; "(...) no entanto, comungo da tese de candidatura unica ao Senado pelo nosso grupo de oposição, e entendo que essa pré candidatura já está consolidada com o nome do companheiro Roberto Rocha (PSB)", finalizou.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00

Com sua peculiar experiência politica, um discurso aplumadode quem sempre ocupou cargos importantes durante toda a sua trajetória politica,como governador e prefeito da capital do Estado do Maranhão, João Castelo fezum discurso de guerra contra a intenção já consolidada do grupo da oposição deapoiar Roberto Rocha para o Senado, chegando a colocar seu nome como mais umaopção e o objetivo quase certo (se depender dele) de pleitear a vaga.
Apesar dos discursos alinhados entre Castelo e Gardenia, afilha deputada, o ex-governador aproveitou sua parte e deu um tom de rancor e disputa, provavelmente de resquinhos ainda guardados da eleição para prefeito, quando Roberto Rocha deixou o PSDB (mesmo partido de Castelo) efiliou-se ao PSB para compor como vice na chapa do atual prefeito e seu opositor no processo. E Casteloalfinetou: “Sou conservador, sempre fui do mesmo partido, nunca fiquei mudandode galho em galho para aproveitar a melhor oportunidade de me dar bem”. Apesardo discurso certeiro que tinha por alvo todas as ações de Roberto Rocha, oex-governador permanecerá sozinho com seu objetivo de também ser candidato aoSenado. 

“Tenho partido e tenho o direito democrático de ser candidato”,ressaltou, mesmo sendo impossibilitado em função de já haver um acordo entre oPSB e PSDB, feito com o presidenciável Aécio Neves, e também, e ter entrado nopleito já depois do acordo ter sido chancelado.
foto:kelly 

Para as lideranças que estavam presentes no ato tucanoocorrido em Imperatriz, ontem (22), João Castelo foi extremamente descortês, nãorespeitando todos os aliados que diferente dele, pregavam a unidade do grupo, quando colocou seuinteresse em um momento inoportuno, em função da importância do evento para a oposição e para a cidade.  E apesar de todoo incomodo, o que ficou foi a impressão real de independência e de isolamentodo ex-governador João Castelo, que agora tenta barganhar perante um tema já ultrapassado e resolvido, como frisou o ex-deputado Deoclides Macedo, e como destacou o prefeito Sebastião Madeira; "O PSDB fechou com a indicação do vice-governador Carlos Brandão e com o pré-candidato Roberto Rocha, essa é decisão da executiva Estadual e Nacional.




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:56

Ele tem a força.

por Holden, em 23.05.14
Por Dora Kramer/Estadão
É próximo de 100% o porcentual de políticos, petistas ou não, que apostam na impossibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio da Silva vir a ser candidato a presidente no lugar de Dilma Rousseff.
Contudo, se fosse numericamente possível, ultrapassaria esse índice os que consideram fora de cogitação a hipótese de a presidente vir a obter êxito na reeleição sem a ajuda do antecessor.
Na visão desse pessoal, sozinha ela não se elege. Embora seus interlocutores de partidos aliados percebam a importância da posse da "caneta" com linha direta ao Diário Oficial, consideram tal certeza equivocada.
Portanto, não obstante ela disponha do poder formal, quem tem a força política é ele. Até mesmo para contrariar interesses imediatos do PT em nome do projeto maior representado pela reeleição de Dilma.
Em nome desse plano, recentemente Lula desembarcou no PMDB para uma ofensiva de última hora para tentar mudar a tendência crescente no partido de renunciar à aliança formal em prol da liberdade de apoios das candidaturas de oposição onde lhe convier nos Estados.
A autonomia de cada um nessa altura parece impossível de ser mudada. Mas, nem é isso o mais importante para o governo, que quer mesmo é garantir votos na convenção de 10 de junho por causa do tempo no horário eleitoral, independentemente de como cada seção regional vá atuar.
Lula começou a entrar no jogo na tentativa de inverter a tendência hoje majoritária pelo fim da parceria. A questão é: Lula tem toda essa força e capital de influência para apaziguar as insatisfações e mudar o resultado desse jogo?
Quem conhece muito bem as regras diz que há uma combinação de fatores: a influência de Lula e os números das pesquisas. O primeiro é forte, mas o segundo é determinante.
O ex-presidente decidiu investir pesado nas seções regionais do Rio e Ceará. Na primeira, sem chance de sucesso, dado que o PMDB pede o impossível: a retirada da já consolidada candidatura do senador Lindbergh Farias.
Mas, no Ceará, não é visto como impossível Lula rifar os irmãos Ciro e Cid Gomes para ficar com Eunício Oliveira do PMDB. Seriam 60 preciosos votos na convenção de 10 de junho.
Isso pode mudar o resultado da convenção, cujas contas hoje indicam derrota para o governo. A serventia dos Gomes para o Planalto é bem menor que a prestação de serviços decorrente de aliança com o PMDB.
A paga da paga. A presidente Dilma recebeu anteontem a confirmação do apoio formal do PTB à reeleição. Não pelos seus belos olhos nem pelos ainda mais belos dotes políticos. Em troca da nomeação de um indicado pelo partido na semana passada para uma vice-presidência da Caixa Econômica Federal.
Torcida organizada. A manifestação de José Serra em página de rede social dizendo que será candidato a um cargo no Poder Legislativo não foi suficiente para enterrar as especulações de que possa vir a ser vice na chapa de Aécio Neves.
No mundo político viceja a seguinte leitura: Serra afirmou que nunca pleiteou ser candidato a vice, mas não disse que recusaria se fosse convidado pelo titular da chapa.
Os defensores da união acham que, se Aécio Neves pedir com jeito, vai.
No PMDB a avaliação é a de que, se for, a casa do PT cai. O PSD do ex-prefeito Gilberto Kassab compartilha da opinião.
A pergunta que se faz é: para Serra, que sempre quis ser presidente, tem inequívoca vocação para o Executivo, já passou diversas vezes pelo Legislativo, é melhor ser vice-presidente ou mais um em meio a tantos integrantes de um Poder desprestigiado?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

Pág. 1/5





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D